Meta da semana: 4 a 10 de novembro (2019)

3 de novembro de 2019

Outubro, o mês mais gigante do ano, passou num piscar de olhos (pelo menos por aqui). Planejei várias publicações para o Estante da Nine, mas sem notebook os cronogramas perderam o sentido e aos poucos estou tentando adequar os conteúdos com o tempo disponível no computador do meu irmão (parece que voltamos 15 anos no tempo com as tretas pelo PC, hehehe). Novembro começa com meta de leitura e se o domingo render quem sabe os vlogs voltam amanhã.

Marnie de Winston Graham é minha leitura atual, parte da meta de 4 livros da coleção Grande Sucessos para ler até dezembro. O clima de suspense da história é envolvente, e a protagonista um ponto alto do enredo. Avancei cerca de um terço da história e a primeira reviravolta na vida de Marnie está prestes a acontecer. Sigo contando mais sobre a leitura por aqui, nos vlogs e também nas histórias do Instagram!


Jornada de esperança de Brian Aldiss

28 de outubro de 2019





Jornada de esperança
Autor: Brian Aldiss
Editora: Abril Cultural
Edição: 1982
Páginas: 263
Skoob | Goodreads
Compre no Estante Virtual

LEIA MAIS
Manon Lescaut de Abade Prevóst
Tudo começa em 1981, ano em que o Homem perde o controle das provas atômicas realizadas no espaço: aos poucos, ele se dá conta de que provocara a esterilidade de sua própria espécie. Sem herdeiros nem continuadores, a civilização desmorona, e em comunidades isoladas vivem os últimos velhos. Emocionante e repleto de imaginação, Jornada de Esperança destaca-se entre os melhores romances de ficcção científica desse mestre do gênero que é Brian Aldiss.

Resumo de setembro (2019) - A Dama Dourada, ficção científica e cinebiografia alemã!

23 de outubro de 2019

Sem computador bateu desânimo geral em atualizar o Estante da Nine, e aos poucos estou tentado vencer esse sentimento. Nas brechas dos estudos da faculdade do meu irmão eu roubo a cadeira e sento aqui para dar sinal de vida, hehehe. Lá no dia 1º de outubro publiquei no canal (já é inscrito?), o vídeo com os filmes assistidos em setembro e principalmente porque tenho obsessão com a sincronia das colunas aqui e lá aí vai o resumo do mês, depois de eras, e aos poucos voltando com as pautas tradicionais do blog e do canal. Qual a série ou filme favorita dos últimos tempos?


Ajude meus projetos do Estante da Nine contribuindo no Padrim

Assista ao vídeo com o resumo de setembro (2019)

FILMES
  1. A Dama Dourada (opinião | Filmow)
  2. Impacto profundo (Filmow)
  3. Goethe (Filmow)
Beijos!

Ficção científica, clássico brasileiro e graphic novel! (Leitura todo dia 134 a 139)

10 de outubro de 2019

As coisas andam de um lado e param de outro, faz parte. As leituras finalmente engrenaram, mas o notebook parou de funcionar de novo, por isso a grande instabilidade de atualizações do Estante da Nine. O registro de hoje é o vídeo publicado na segunda, 30 de setembro, com o resumo de seis semanas do projeto Leitura todo dia.

Inscreva-se no canal do Estante da Nine no Youtube


3 motivos para ler Duque e as Mortes de Frank Tartarus e Adan Marini

19 de setembro de 2019

A graphic novel Duque e as Mortes de Frank Tartarus e Adan Marini passou por poucas e boas até chegar na minha caixa de correspondência e exatamente por isso ela ganhou um lugar especial na fila de leitura. Apresentada também como projeto no Cartase, a história protagonizada por Duque de Caxias me surpreendeu demais e por isso merece registro no Estante da Nine com 3 motivos para ler.

Adicione Duque e as Mortes no Skoob

1. O PROTAGONISTA
Eu moro em Caxias do Sul, cidade da serra gaúcha que faz alusão ao protagonista da graphic novel (como várias outras pelo Brasil): o militar e político Duque de Caxias. Patrono do exército do Brasil, Luís Alves de Lima e Silva gera controvérsias, pela crueldade, e também por lealdade ao país. O fato é que Frank Tartarus e Adan Marini utilizam muito bem a figura do militar. A ideia aqui é debater as várias situações em que Duque de Caxias encontrou com a morte, mas não cedeu a ela (ou talvez sim? o que é morrer? e viver?).


Compras de R$2 no Bazar Canaã + looks!

17 de setembro de 2019

Comecei a semana sem voz e a terça-feira por aqui está chuvosa, anoiteceu praticamente ao meia dia. Mesmo com esses contratempos eu queria muito compartilhar os garimpos da última semana e como tenho a péssima mania de procrastinar, não inventei desculpas e já fui logo improvisando um formato de vídeo diferente, e que eu adorei gravar (comenta aqui se você gostou).

Inscreva-se no canal do Estante da Nine no Youtube


A Dama Dourada - dirigido por Simon Curtis (I)

9 de setembro de 2019



A Dama Dourada
(Woman in Gold)
Direção: Simon Curtis (I)
Produção: Origin Pictures
Ano: 2015
Duração: 109 minutos
Filmow | IMDb
Compre o DVD no Submarino

LEIA TAMBÉM
A menina que roubava livros de Markus Zusak

Por enquanto as leituras seguem lentas, mas no final de semana assisti um filme que há tempos estava de olho e sempre perdia o começo. Sábado de tarde, trocando de canal, eu finalmente encontrei a Dama Dourada prestes a começar e foi a oportunidade ideal para matar a curiosidade. O resultado de tudo isso é que o filme de Simon Curtis (I) precisava de uma indicação e um registro no Estante da Nine.

Baseado em fatos reais, o filme ambientado na década de 1980 retrata a batalha de Maria Altmann, uma sobrevivente da Segunda Guerra Mundial vivendo nos Estados Unidos, pela recuperação da pose do quadro de Gustav Klimt - A Dama Dourada, um retrato de sua tia e arte roubada pelos nazista durante a invasão na  Áustria. Começa então uma batalha judicial entre Maria, ajudada pelo jovem advogado Randy Schoenberg, contra o governo austríaco.


4 livros da coleção Grandes Sucessos para ler até dezembro (2019)

3 de setembro de 2019

Já que as coisas estão lentas, eu não li praticamente nada na última quinzena e não tinha tema na segunda para um vlog de leitura, a semana começa com uma meta literária alternativa, tudo a ver com meu amor por coleções de livros, especificamente a Grandes Sucessos da Abril Cultural. Selecionei quatro títulos na estante para ler até dezembro de 2019.

A ideia é que os leitores do Estante da Nine me ajudem a escolher cada livro para um mês, votando através dos comentários do blog ou do canal. A primeira opção da meta é Marnie de Winston Graham, história sobre uma linda mulher, de personalidade histérica, que comente delitos e tem aversão aos homens e sexo, além da promessa de suspense na sinopse.


Meta da semana: 2 a 8 de setembro (2019)

1 de setembro de 2019

A última vez que a Meta da semana apareceu no Estante da Nine foi em abril de 2018 e de lá pra cá muitos dos meus outros projetos para o blog também ficaram parados. Mudança feita, internet instalada, casa quase toda organizada e parece que finalmente vou retomar os planos deixados para trás

A ideia de voltar com a coluna de domingo aconteceu na mesma época da mudança do Leitura todo dia para a segunda-feira. Assim todo final de semana eu compartilho minha meta para os próximos sete dias e, logo após, publico o que rolou na semana que passou. Espero que a dinâmica seja interessante, já que essa publicação no passado sempre gerou interatividade com os leitores.


Clássicos, fantasia, tatuagens e mudança! (LTD 127 a 133)

23 de agosto de 2019

Quem é vivo sempre aparece e finalmente chegou a hora de replicar o vídeo da semana do canal (já é inscrito?), o resumo da vida e do projeto Leitura todo dia desde o resumo 127 até o 133, aqui no blog (que saudade de escrever por aqui). Depois da mudança a rotina mudou e aos poucos estou me adaptando, vale escrever sobre a experiência?

Durante o período que fiquei afasta dos vlogs de leitura concluí os livros Manon Lescaut de Abade Prévost, Os sofrimentos do jovem Werther de Goethe e O talismã do poder de Licia Troisi. No resumo explico mais sobre a experiência com cada um e dois deles já ganharam comentário no blog (clique no nome para acessar a resenha).


O talismã do poder de Licia Troisi

16 de agosto de 2019



O talismã do poder
#3 Crônicas do Mundo Emerso
Autora: Licia Troisi
Tradutor: Mario Fondelli
Editora: Rocco
Edição: 2007
Páginas: 424
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA MAIS
Crônicas do Mundo Emerso
O terceiro e último volume da série Crônicas do Mundo Emerso, o Tirano está a um passo da conquista final. Um misterioso talismã é a única saída para evitar a derrocada das Terras Livres. Para utilizá-lo, Nihal e Senar precisam encontrar as oito pedras que compõem o objeto. Juntas, elas concentram energia suficiente para combater a maldade do Tirano. Mas será que os jovens conseguirão encontrá-las a tempo? Este é o desafio enfrentado por Nihal, a protagonista da série de fantasia criada pela jovem autora italiana Licia Troisi. Única sobrevivente de uma raça exterminada pelo Tirano, a jovem de olhos cor de violeta, cabelos azuis e grandes orelhas pontudas tornou-se uma guerreira de verdade e concentrou todas as forças que lhe restaram para enfrentar a batalha final.

Manon Lescaut de Abade Prévost

23 de julho de 2019




Manon Lescaut
Autor: Abade Prévost
Editora: Abril Cultural
Edição: 1981
Páginas: 174
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
O homem que via o trem passar de Georges Simenon
O dramático romance entre Des Grieux - fervoroso jovem de boa família - e a bela Manon Lescaut, moça frívola e inescrupulosa que ama qualquer um que lhe garanta uma vida de luxo. Um amor ardente, que é também exaltação erótica mesclado de interesse e à atração pelo dinheiro. Incompreendido em sua época, o livro foi queimado pelas autoridades, que nele viram um atentado aos bons costumes. Hoje, permanece um clássico. Obra fundamental para ser lida.

Conexões literárias: Fiódor Dostoiévski e Camilo Castelo Branco

21 de julho de 2019

A ideia de escrever sobre conexão literária começou quando li os primeiros capítulos de Humilhados e ofendidos de Fiódor Dostoiévski e logo lembrei de outra história: Amor de perdição de Camilo Castelo Branco. Logo alguns temas para debate ficaram na minha cabeça, também porque aparecem em outros enredos - como o da peça Romeu e Julieta de William Shakespeare, e fiz algumas anotações para propor a discussão no Estante da Nine. Então, aqui está!

Leia as opiniões de Humilhados e ofendidos e Amor de perdição

Diferente do vídeo, que comentei sobre isso no final, aqui para a publicação acho importante ressaltar que Humilhados e ofendidos e Amor de perdição têm temas em comum, foram escritos no mesmo ano - 1861 (o livro português foi publicado um ano depois), mas tem narrativas e desenvolvimentos diferentes, além de incorporarem questões regionais, o de Fiódor Dostoiévski da Rússia, o de Camilo Castelo Branco de Portugal.


Brechó ChiCão: o que comprei com R$30!

19 de julho de 2019

Eu estava com muita saudade de gravar vídeos sobre garimpos e a rotina corrida do primeiro semestre não me ajudou nessa meta.Será que agora finalmente vou conseguir compartilhar por aqui tudo que quero? Espero que sim (aliás, me conta como foi teu 2019 até aqui). A verdade é que esse mês fiz muitos achados legais no Brechó ChiCão e sem enrolação deixei tudo organizado para mostrar no Estante da Nine, sem perder a pauta, e sempre compartilhando amor pelo consumo consciente e sustentável.

A próxima edição do Brechó ChiCão é de 11 a 14 de agosto 


Humilhados e ofendidos de Fiódor Dostoiévski

8 de julho de 2019




Humilhados e ofendidos
Autor: Fiódor Dostoiévski
Editora: Mimética
Edição: 2019 (Amazon)
Páginas: 2014
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
Memórias da casa dos mortos de Fiódor Dostoiévski
Nesta obra, narrada pelo jovem escritor Ivan, dois enredos vão convergindo gradualmente. Natascha, amiga de infância e amada de Ivan, foge de casa dos pais para casar com Alyosha, o filho do Príncipe Valkovsky que não aprova esta união. Entretanto Ivan conhece Elena, uma órfã de treze anos, que é adotada por Nicolai, o pai de Natascha. E é ao contar a sua triste história que a menina consegue que Nicolai perdoe a sua filha. Uma narrativa envolvente e cativante onde o sofrimento humano é retratado com mestria.

Uma semana com romance histórico + sorteio de 14 mil inscritos! (LTD 126)

3 de julho de 2019

Hoje é dia de compartilhar no Estante da Nine o resumo 126 do Leitura todo dia que rolou de 24 a 30 de junho, a primeira semana depois da mudança de data (saiba mais na publicação Dostoiévski, tatuagens e ressaca literária). Fiquei contente por ter concluído um livro, a meta principal do projeto, e também por ter melhorado o ritmo de leitura na reta final do mês.

Inscreva-se no canal do Estante da Nine no Youtube

O livro que me acompanhou durante a semana 126 foi A prisioneira de Margaret Moore, história de Elizabeth, que morou pelos últimos 13 anos em um convento e tem a chance de mudar de vida porque terá que cumprir um casamento arranja pelo tio no lugar da prima que se casou com outro homem. Raymond tem um passado terrível envolvendo a primeira esposa e jurou nunca mais confiar em uma mulher. É a combinação dessas duas situações que forma o casal da história.


Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra

30 de junho de 2019



Uma constelação de fenômenos vitais
Autor: Anthony Marra
Tradutor: Fabiana de Carvalho
Editora: Intrínseca
Edição: 2014
Páginas: 336
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
Selvagens de Don Winslow
Ao ver sua casa pegando fogo, após seu pai ser levado por soldados russos, Havaa, de 8 anos, se esconde na floresta e observa as chamas até que um vizinho a encontra sentada na neve. Akhmed sabe que se envolver significa arriscar a própria vida e que não há lugar seguro para abrigar uma criança na vila, onde informantes fazem qualquer coisa por um pedaço de pão. Mesmo assim, ele a conduz até o único lugar em que acredita que a menina poderia estar a salvo: um hospital abandonado que já teve quinhentos funcionários e onde a única médica restante, Sonja, está no degrau mais baixo de sua carreira, amputando membros dilacerados em pacientes atingidos por minas terrestres.

O homem que via o trem passar de Georges Simenon

29 de junho de 2019




O homem que via o trem passar
Autor: Georges Simenon
Tradutor: Raul de Sá Barbosa
Editora: Abril Cultural
Edição: 1983
Páginas: 182
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
Infância dos mortos de José Louzeiro
Simenon, o escritor admirado por Fellini, Camus e Clarice Lispector, adota aqui um estilo muito diferente daquele de seus romances policiais. O Homem que Via o Trem Passar, conta a história de um burguês que resolveu desmascarar a hipocrisia de seu meio, em busca de uma explicação mais razoável para o absurdo da vida.

Dostoiévski, tatuagens novas e ressaca literária! (LTD 122 a 125)

27 de junho de 2019

Faz praticamente um mês que eu não apareço por aqui e posso resumir tudo em um turbilhão de coisas fora de controle: crise existencial, revolta dos eletrônicos, internet ruim e principalmente poucas leituras! Por isso o resumo de hoje começou lá na semana 122, dia 29 de maio, e terminou no domingo, 23 de junho - semana 125.

Para começar o Leitura todo dia mudou de data. A partir de agora ele começa nas segundas e termina aos domingos, e a ideia é publicar o vídeo no início da semana. A semana 126 iniciou na segunda, 26 e encerra com o mês de junho no domingo, dia 30. Por conta da ressaca literária, poucas leituras e tempo para editar disponível apenas no final de semana achei necessário a mudança.


Leitura todo dia: semana 121 - Agatha Christie!

3 de junho de 2019

A semana 121 do projeto Leitura todo dia foi bem interessante. Apesar dos três dias sem leitura, retomei um livro parado há um bom tempo e finalizei uma compilação de contos, escolha aleatória do mês, que combinou uma edição de bolso e Agatha Christie. No final das contas maio serviu para aumentar minha média de leitura e dar um gás para o começo do segundo semestre (vamos juntos nessa vibe positiva?).

O talismã do poder de Licia Troisi foi a leitura retomada e li um capítulo interessante. Vou falar mais sobre o livro na próxima semana, espero finalmente concluir, e dou o parecer final nos vlogs de leitura e também faço a resenha no Estante da Nine para encerrar o ciclo com essa trilogia da autora italiana. Enredo interessante, ainda com alguns poréns na construção dos personagens.


3 motivos para ler Enquanto houver luz de Agatha Christie

30 de maio de 2019

Apesar do ritmo lento no ano até aqui, parece que maio é (foi), o mês da virada. Hoje é dia de Leitura todo dia, mas como não deu tempo de preparar o vídeo resolvi comentar sobre o livro finalizado na terça, 28 de maio, o encerramento da semana 121. Enquanto houver luz de Aghata Christie foi uma escolha aleatória na estante depois de uma enquete no Instagram.

Siga os meus perfis no Instagram: @estantedanine e @garimposdanine

1. CONTOS
Parece óbvio, mas há um bom tempo eu não lia um livro de contos. Até escolhi uma seleção há alguns meses, mas devolvi para a estante porque não me interessei em ler. Meu primeiro critério na semana passada foi um livro de bolso e Agatha Christie estava na minha cabeça desde abril quando comprei alguns livros dela. Resumindo: foi uma ótima escolha para quebrar a ressaca literária e manter duas semanas de crescente nas leituras.



Uma mulher independente de Elizabeth Forsythe Hailey

28 de maio de 2019



Uma mulher independente
Autora: Elizabeth Forsythe Hailey
Tradutor: A.B. Pinheiro de Lemos
Editora: Record
Edição: 1984
Páginas: 261
Skoob | Goodreads
Compre no Estante Virtual

LEIA TAMBÉM
Parque Gorki de Martin Cruz Smith
Uma mulher vibrante, obstinada, cheia de amor, em permanente busca de um sentido para a vida, fascinada pelo mundo, apaixonada pelas artes, amando a vida e as pessoas. Este é o perfil de Elizabeth Alcott, que, nascida no Texas no príncipo do século, conta a história de sua vida através de cartas cronológicas, escritas em momentos de crise, de angústia ou de puto prazer, Aos poucos, o leitor vai conhecendo uma mulher que tenta compreender o seu tempo e até mesmo ultrapassá-lo. É uma estréia certamente original a de Elizabeth Forsythe Hailey, que, através de uma tessitura narrative sutil e elegante, se mostra uma escritora delicada e gentil, observadora e irônica, mas ainda assim valorizando muito a alma humana.

Leitura todo dia: semana 120 - Simenon favorito!

26 de maio de 2019

Meta cumprida! Apesar do atraso, a semana 120 do projeto Leitura todo dia teve livro finalizado e uma melhora na média de páginas lidas (apesar de não ter feito minhas anotações, consegui medir pelas marcações no livro). A escolha da semana foi O homem que via o trem passar de Georges Simenon, mais um na lista dos favoritos do ano.

A história começa a beira de um grande acontecimento na vida do protagonista Kees Popinga: funcionário de uma respeitável firma, dono da melhor casa do bairro e pai respeitável, o homem segue para uma visita de rotina ao porto quando descobre que o navio da empresa não está pronto para viajar. Em busca do chefe, perambula pelas ruas e encontra o patrão num bar pra lá de suspeito e é aí que tudo começa a mudar...



Leitura todo dia: semana 118 e 119 + papo sobre a vida!

18 de maio de 2019

Duas semanas do Leitura todo dia passaram numa lentidão sem comparação. Exatamente por isso o resumo da vez é sobre o período 118 e 119, que teve muitos dias sem leitura e o mesmo livro durante os 14 dias. O ponto positivo é que finalizei a história de Patricia Grasso e a semana 120, agora na metade, está infinitamente melhor que as antecessoras.

Entre os dias 1º a 7 de maio eu li 166 páginas de Adorável prisioneira, livro que comecei na semana passada, mas que avancei de verdade nessa. A história apresenta Lily, filha de taverneiro e também espiã dos Estados Unidos por causa de sua incrível memória. James, nobre inglês, atravessa o oceano em busca de vingança pela morte do irmão e pretende dar um fim a Lírio Dourado. A história dos dois se cruzam e começa a trama de Patricia Grasso.



Leitura todo dia: semana 117 + sorteio no Instagram @estantedanine!

12 de maio de 2019

Eu praticamente desisti de colocar a vida em ordem no primeiro semestre porque já é maio de 2019 e ainda estou completamente perdida. O problema é que tenho certas obsessões e apesar do atraso é claro que não poderia simplesmente pular uma semana do Leitura todo dia como se não existisse. O papo hoje é sobre o resumo da semana 117, que aconteceu de 27 a 30 de abril. As duas próximas semanas estarão no mesmo vlog, quarta no canal (se inscreve).

Participe do sorteio de um chaveiro e um marcador magnético do Yoda no Instagram @estantedanine

A semana 117 foi bem variada. Eu li um conto de Lygia Fagundes Telles, Lua crescente em Amsterdã, do projeto da Companhia das Letras Contém um Conto e adorei. Aliás, sinto que Lygia já é daquele grupo de autoras que uma frase já enche meu coração de sentimentos, nesse caso agonia pela tema da história: término de relacionamento.


Infância dos mortos de José Louzeiro

8 de maio de 2019




Infância dos mortos
Autor: José Louzeiro
Editora: Abril Cultural
Edição: 1984
Páginas: 234
Skoob | Goodreads
Compre no Estante Virtual

LEIA TAMBÉM
Ciranda de pedra de Lygia Fagundes Telles
Esmagados pelo peso de uma sociedade que permite esse quadro de abandono e violência, milhões de menores de até cinco anos lutam desesperadamente para sobreviver nas ruas das grandes cidades. Infância dos Mortos, que serviu de base ao filme Pixote, a Lei do Mais Fraco, de Hector Babenco, conta a trágica história de um grupo de garotos delinquentes que vivem entre si valores de amizade, companheirismo e sonhos infantis.

Leitura todo dia: semana 116 e mais um livro favorito em 2019!

28 de abril de 2019

Finalmente as coisas estão entrando em ordem no Estante da Nine e a meta da próxima semana e voltar com o Leitura todo dia as quartas-feiras. Por isso hoje o bate papo é sobre o resumo 116, semana que rolou entre 17 a 23 de abril e tem leitura finalizada e favorito de 2019, finalmente uma publicação positiva, né?!

Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra entrou para os favoritos do ano porque é uma história surpreendente, muito além de um enredo sobre guerra, com reflexões existencialistas e que propõe ao leitor um debate sobre diferenças culturais, adaptação, relações familiares e de amizade e até que ponto vale ir em frente para salvar a própria vida ou a de alguém querido



TBR jar #23 - conspiração e mistério!

27 de abril de 2019

Eu finalmente conclui uma leitura em abril, Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra - que eu comentei no vídeo da semana 114 + 115 e 116 do projeto Leitura todo dia, e foi o sorteado 22 da TBR jar, por isso hoje eu resolvi pegar minha jarra e selecionar um livro para ler entre abril e maio. Como vocês escolhem a próxima leitura?


Saiu um livro de conspiração e mistério com cenário na Europa e tem como personagem uma jornalista, será que é motivo suficiente para me empolgar?! Já faz algum tempo que não escolho um suspense policial ou investigação na estante e sem dúvida a TBR jar tem algumas surpresas pela frente. Aliás, o primeiro livro sorteado no vídeo já foi lido e tem dica no blog, O terceiro anjo de Alice Hoffman. Quer saber qual é a próxima leitura da meta? Confira abaixo!

Assista ao vídeo com o sorteio 22 da TBR jar

Beijos!

Leitura todo dia: semana 114 + 115!

As coisas estão insanas e quando sentei para conferir as pautas para gravar no final de semana é que me dei conta de que não escrevi por aqui sobre a junção dos resumos 114 e 115 do projeto Leitura todo dia, que por motivos de lentidão e muitos dias sem leitura uni em um vídeo, assim como nessa publicação por aqui.

Entre os dias 03 a 09 de abril, a semana 114, eu li apenas 39 páginas e enfrentei 5 longos dias sem leitura. O resumo 115, de 10 a 16, foi melhor que o anterior, com 108 páginas lidas e 4 dias de zero produtividade. Esse combo, apesar de negativo a primeira vista, provou que mesmo nas semanas corridas eu posso me esforçar para manter as metas literárias.


Leituras + resumo de fevereiro e março: The Mentalist, Uma mulher independente e mais!

14 de abril de 2019

O tema de hoje no Estante da Nine é leituras + resumo de fevereiro e março. 2019, por enquanto, está longe do ano produtivo que eu imaginei e por isso a frequência do blog também sofreu, e muito, com a falta de assuntos para compartilhar. Exatamente por isso esperei reunir um número interessante de itens nas duas colunas mensais - uma sobre os livros, a outra sobre filmes e séries, para compartilhar por aqui as impressões gerais dos dois meses.

A primeira leitura finalizada de fevereiro foi o e-book Imortais de Eva Fairwald, história que coloca em lados opostos povo élfico e humano. O conto traz a perspectiva de um lado da batalha, enquanto o primeiro capítulo do livro apresenta a visão do outro. Eu gostei como a autora trabalha o contexto dos dois mundos e os dilemas pessoais dos personagens. Sem dúvida quero conhecer a história na integra e quanto acontecer comento mais sobre a experiência no Estante da Nine.

Uma mulher independente de Elisabeth Forsythe Hayle foi a segunda leitura concluída em fevereiro e a favorita do mês. O enredo desenvolvido através de cartas acompanha a vida de uma mulher desde a infância, até a velhice, e ao mesmo tempo que apresenta uma personagem a frente do seu tempo, ilustra as principais mudanças sociais, políticas e tecnológicas entre o fim do século XIX e a primeira metade do XX. 


Rory de Ruth Langan

7 de abril de 2019



Rory
#1 O'Neil Saga
Autora: Ruth Langan
Tradução: Ieda Moriya
Editora: Harlequin
Edição: 2000
Páginas: 219
Skoob | Goodreads
Compre no Estante Virtual
Irlanda, 1560.
Rory O'Neil era procurado por todos os soldados que envergavam o uniforme inglês, mas isso não deteria sua busca de vingança. Ele era odiado por aqueles que o conheciam como O'Neil Coração Negro. Para os que acreditavam em sua causa, porém, era o único guerreiro corajoso o suficiente para salvá-los. Anna Claire Thompson soube no primeiro instante que Rory seria o homem a conquistar seu coração. Mas será que o obstinado irlandês um dia retribuiria seu amor?

Leitura todo dia: semana 113 + sobre estilo do autor!

Ainda bem que a decepcionante semana 113 ficou para trás. Eu esperava que a transição de mês fosse produtiva e cheia de leituras, mas o resumo da vez, de 27 de março a 02 de abril, foi daqueles atípicos e nem as anotações diárias eu fiz. Verdade que o projeto Leitura todo dia também me ajuda a encarar as coisas por outra perspectiva e é sobre isso que vamos conversar hoje.

As 91 páginas lidas na semana 113 foram de O talismã do poder de Licia Troisi, o livro final da trilogia Crônicas do Mundo Emerso. Como comentei no resumo passado sobre alguns pontos relevantes do enredo, e também para não repetir a mesma coisa do vídeo e da publicação anterior, resolvi usar o papo da vez para falar sobre o estilo de escrita de um autor.



Leitura todo dia: semana 112 - guerra e fantasia!

Eu sumi de novo. E detesto quando isso acontece. Então sem mais enrolação vou aproveitar o domingo (sempre ele), para colocar em dia tudo que eu quero comentar com vocês no blog, como as colunas do projeto Leitura todo dia e resenhas. O resumo 112 que rolou de 20 a 26 de março tem história de fantasia e guerra ambienta na década de 1990.

A semana começou com os cinco primeiros dias sem leitura e lá no domingo, dia 24 de março, é que iniciei um novo livro, o sorteado no vídeo da TBR jar 22: Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra. Li 50 páginas em um dia, coisa que não acontecia há um bom tempo. 

O cenário na Chechênia dos anos 90 também me surpreendeu porque nunca li nada ambientado no país. A devastação e a descrença de um dos personagens contrasta com a persistência e superação da outra protagonista. A personagem infantil, que une os dois adultos, ainda é um mistério. Sigo contando sobre a leitura nos próximos resumos do projeto Leitura todo dia.


TBR jar #22 - livro sobre guerra!

26 de março de 2019

Depois de um longo hiato chegou a hora de mais um sorteio da TBR jar. A meta de 2019 é ler os livros restantes da jarra e fazer uma nova seleção na estante, talvez com um tema específico, mas enquanto isso sigo encarando (ou tentando), essa meta já antiga e que na última opção, Deuses americanos de Neil Gaiman, não rolou leitura e eu abandonei temporariamente o livro, afinal são muitas histórias na estante para ficar empacada em uma delas, né?!

O livro sorteado na edição 22 da TBR jar é sobre guerra nos anos 1990, tem como cenário um país que não tive contato antes através da literatura, a Chechênia, foi lançado no Brasil em 2014 pela Intrínseca, confesso que não lembrava de ter visto o livro antes de comprar (vocês sabem como eu adoro indicar histórias desconhecidas), e trata de um lugar estratégico para a Rússia por conta do fornecimento de petróleo. A curiosidade bateu? Então confira o vídeo o descubra o livro da meta de leitura retirado da jarra de para ler. Vocês fazem TBR jar ou TBR bag?

Assista ao 22º sorteio da TBR jar

Beijos!

Leitura todo dia: semana 111 - um bom romance histórico!

25 de março de 2019

Finalmente depois de um período atrapalhado o projeto Leitura todo dia está em ordem no Estante da Nine. No domingo publiquei o vídeo atrasado no canal (já é inscrito?), e aproveito a segunda de manhã para escrever sobre o que rolou entre 13 a 19 de março, o resumo 111 da coluna semanal que teve apenas um livro, que inclusive foi surpresa boa.

Rory de Ruth Langan foi o livro que me acompanhou nos dias de leitura, principalmente na parte final da semana 111, depois de um começo de zero livros lidos e uma gripe porreta. Também é a história finalizada, e gostei demais do enredo, que traz como conflito histórico a briga entre Irlanda e Inglaterra e começa com a busca de vingança de Rory depois que a família da noiva é massacrada por soldados da rainha.


Leitura todo dia: semana 110 ou como sou atrapalhada!

23 de março de 2019

É hora de seguir com a saga de atualizações do Estante da Nine e o resumo 110 do projeto Leitura todo dia como o próprio título entrega é uma confusão de... Nine, hehehe. Foi muito legar gravar o vlog de 6 a 12 de março, porque vocês têm gostado dessa volta dos vídeos no formato mais real, pena que a semana passou voando, eu não fiz anotações e fiquei muitos dias sem ler nada. Ganha-se de um lado, perde-se de outro.


A semana 110 do projeto Leitura todo dia teve apenas 49 páginas lidas de Rory de Ruth Langan lidas, mas já posso dizer que adorei a escolha do mês da categoria romance histórico. Rory é o filho mais velho de um casal nobre irlandês e começa uma vingança contra soldados ingleses após a caravana familiar de sua noiva ser atacada. Nesse começo de história o protagonista é ferido e é acolhido por AnneClaire, jovem nobre inglesa, filha de mãe irlandesa. Na próxima semana conto mais sobre a progressão do livro. O que vocês estão lendo?

Assista ao vlog da semana 110 do projeto Leitura todo dia

LIVRO
Rory de Ruth Langan (compre no Estante Virtual)

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Leitura todo dia: semana 109 + aviso sobre a meta!

18 dias sem aparecer no Estante da Nine e esse foi um dos hiatos mais longos do blog pelo que posso lembrar. A verdade é que mesmo com os muitos testes e planos feitos na transição do ano, 2019 está aí para provar que as coisas mudam, nesse caso para melhor - ainda bem, e que nem sempre aquilo que a gente idealizou acontece como devia acontecer. Enfim, agora é correr atrás do tempo perdido e atualizar os leitores por aqui do que aconteceu nas últimas semanas.

O resumo 109 do projeto Leitura todo dia rolou de 27 de fevereiro a 5 de março e teve Infância dos mortos como livro finalizado. Quem acompanha os vlogs sabe como esse livro me envolveu ao mesmo tempo que trata de um assunto pesado, crianças moradoras de rua, e o enredo se estendeu mais do que eu previa, já que foi uma escolha da meta de janeiro.


Sal de Leticia Wierzchowski

5 de março de 2019




Sal
Autora: Leticia Wierzchowski
Editora: Intrínseca
Edição: 2013
Páginas: 240
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon
Um farol enlouquecido deixa desamparados os homens do mar que circulam em torno da pequena e isolada ilha de La Duiva. Sob sua luz vacilante, a matriarca da família Godoy reconstitui as cicatrizes do passado. Em sua interminável tapeçaria, Cecília entrelaça as sinas de Ivan, seu marido, e de seus filhos ausentes, elegendo uma cor para cada um. Com uma linguagem poética, a premiada escritora gaúcha Leticia Wierzchowski, autora de A casa das sete mulheres, dá voz e vida a cada um dos integrantes da família Godoy, criando uma história delicada e surpreendente, enriquecida por múltiplos e divergentes pontos de vista.

Leitura todo dia: semana 108 - um resumo decepcionante!

3 de março de 2019

No canal o projeto Leitura todo dia está em ordem então vou aproveitar o recesso de Carnaval e o embalo da publicação anterior para comentar sobre o decepcionante resumo 108 - que rolou entre 20 a 26 fevereiro, reta final do mês que eu esperava ser super produtiva e foi um grande branco, com tantos altos e baixos que é surpreendente que tenha páginas lidas. A verdade é que nem a progressão diária eu anotei, para ver o nível de desânimo, mas tudo bem, bola pra frente...


Durante toda a semana 108 eu li apenas 35 páginas de O talismã do poder de Licia Troisi, o terceiro volume das Crônicas do Mundo Emerso. O livro começa com clima tenso de guerra e os dois personagens principais, apesar da gravidade da situação, precisam seguir caminhos diferentes. Uma guerreira e um mago parecem a combinação ideal para salvar o mundo do Tirano e espero que a autora aproveite bem o enredo que tem nas mãos. Conto mais assim que avançar no enredo. E por aí, as leituras estão fluindo?

Assista ao vídeo da semana 108 do projeto Leitura todo dia

LIVROS
O talismã do poder de Licia Troisi (compre na Amazon)

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Leitura todo dia: semana 107

O recesso de Carnaval chegou e com ele a expectativa de organizar a rotina que até agora, não vou mentir, aconteceu aos trancos e barrancos. Hoje vou escrever no Estante da Nine sobre as leituras entre 13 e 19 de fevereiro, a semana 107 do projeto Leitura todo dia, que foi boa e poderia ter sido até melhor. Vamos lá?!

A leitura predominante da semana e também a história finalizada foi Mocinha de Anienne Nascimento. Como eu comentei no resumo 106 eu gostei do período histórico e lugar - Nordeste brasileiro entre os anos 1950 - 1970, da proposta da autora em colocar a sensualidade da mulher em primeiro plano e também o cenário do colégio interno que é gancho para temas importantes, no entanto não gostei do romance, foi um tópico problemático na minha leitura, e por isso não aproveitei mais o livro. Minha nota foi de 3 estrelas no Skoob.



Resumo de janeiro (2019) - A Múmia e comédias românticas!

23 de fevereiro de 2019

2019 começou e o objetivo é incluir na programação do blog todas as colunas que eu costumava gravar mensalmente, por isso hoje está de volta, depois de um ano e outros muitos hiatos, o Resumo do mês, a publicação que eu comento e indico (ou não), os filmes e séries assistidos nos últimos tempos. Janeiro foi um mês atípico porque trabalhei mais do que previa, e mesmo assim consegui ler e assistir algumas coisas na televisão.

Inscreva-se no canal do Estante da Nine no Youtube

O primeiro mês de 2019 foi repleto de exibições de A Múmia e O retorno da Múmia, dois filmes da lista dos favoritos da vida por mesclar arqueologia, história, aventura, romance e humor. Desde que assisti pela primeira vez eu fiquei viciada pela história e a estética da história e como fã do Egito desde criança não é surpresa que tenha acontecido. Durante o ano o filme é exibido várias vezes nos canais por assinatura e vale separar um tempo para conferir essa dica (o terceiro filme não assisto tanto e nem recomendo, por isso não citei por aqui).



As melhores leituras de 2018

21 de fevereiro de 2019

O vídeo com as melhores leituras de 2018 saiu no canal há alguns dias (já é inscrito?), e como virou hábito durante essa semana antes de sair para o trabalho sentei para escrever sobre algumas recomendações que, sempre que possível, merecem a menção por aqui, no Youtube ou nas outras redes sociais do Estante da Nine.

A insustentável leveza do ser de Milan Kundera abriu as leituras favoritas de 2018, lá em janeiro. Livro muito comentado, eu tinha certo receio de não gostar, mas o que encontrei foi uma história com casais incomuns, um cenário político, social e geográfico que eu não conhecia antes e questionamentos que sem dúvidas dos mais relevantes entre tantos que já encontrei nesse mundo da leitura.

Parque Gorki de Martin Cruz Smith reúne um pouco de tudo que eu gosto: crime, investigação policial, um protagonista que não se intimida com autoridades, cargos ou instituições em busca da verdade, relacionamentos problemáticos, Guerra Fria, história, Rússia, contrabando e por aí vai. Tudo recheado com uma narrativa que ao mesmo tempo que descreve, e as vezes é cansativo, coloca o leitor junto com Arcady Renko. Essa coleção merece muito novas edições.


Leitura todo dia: semana 106

20 de fevereiro de 2019

Agora sim o projeto Leitura todo dia está em ordem no Estante da Nine depois de uma semana (na verdade duas), toda atrapalhada. O resumo das leituras entre 6 a 12 de fevereiro saiu atrasado no canal (já é inscrito?), e agora é a vez de comentar sobre o que rolou no blog, porque afinal de contas amanhã é dia de vídeo novo para a coluna. 

A semana começou com a leitura de Uma mulher independente de Elisabeth Forsythe Hailey, na quarta dia 6 e a conclusão da história rolou no domingo, 10. A impressão de que era um livro favorito se confirmou e o enredo é essencial para se debater o papel da mulher na sociedade. Apesar de retratar a virada do século XIX para o XX, o livro tem assuntos ainda extremamente atuais e pertinentes. Ao mesmo tempo que mostra certa evolução, também é possível perceber que outro tanto ainda falta para a sociedade ter uma chance de funcionar coletivamente. 


Leitura todo dia: semana 105

19 de fevereiro de 2019

Fevereiro está repleto de trabalho, o que é ótimo, mas o blog sofre com a correria e a desatualização (lá no canal tenho postado os vídeos dentro do possível), por isso hoje tem dois dupla de Leitura todo dia com as semanas que deixei pendentes por aqui, começando com o resumo 105 e o que rolou entre 30 de janeiro e 5 de fevereiro, período pouco empolgante.

Inscreva-se no canal do Estante da Nine no Youtube (clique aqui)

A semana começou com a leitura de Uma mulher independente de Elisabeth Forsythe Hailey. também o livro predominante do resumo. No geral tem sido um livro incrível, sobre a vida de uma mulher incomum e a frente do seu tempo, e ao mesmo tempo que fala sobre a vida de uma pessoa, retrata também as evoluções sociais, tecnológicas e políticas. Assim que concluir rola recomendação de leitura no Estante da Nine (assina o feed para receber as atualizações por e-mail).



Meta de leitura: fevereiro (2019)

10 de fevereiro de 2019

As leituras de janeiro foram boas, e a meta de fevereiro é ambiciosa. Antes de compartilhar os livros que eu quero ler esse mês (ou estou lendo), decidi abandonar Deuses americanos de Neil Gaiman, livro da TBR jar, que ficou comigo alguns meses, mas não rendeu então vai ficar para outro momento, e assim posso dar sequência na coluna sem o acúmulo de livros em andamento. A TBR jar entra esse mês entre na categoria extra.

Em janeiro não deu tempo de ler um livro recebido de autor ou editora, por isso Mocinha de Anienne Nascimento entra como uma meta fixa para fevereiro, umas das minhas leituras atuais em andamento. Infância dos mortos de José Louzeiro e Uma mulher independente de Elisabeth Forsythe Hailey, ficaram da meta passada e são os primeiros livros que espero concluir esse mês, falei sobre eles nas colunas do projeto Leitura todo dia.


Leituras de janeiro (2019) - Shakespeare, Henri B. Neto e romance de banca!

5 de fevereiro de 2019

Eu fiquei alguns meses sem publicar a coluna leituras do mês durante 2018, mas isso muda a partir de 2019. Hoje vou compartilhar os livros finalizados em janeiro e os que ficaram em andamento ou não lidos vão ser tema da meta de fevereiro. Fiquei um pouco abaixo na minha expectativa de seis livros, mas no geral foi um mês regular e bom se comparado a dezembro.

O primeiro livro finalizado de 2019, que é mais de 2018, é Memórias de Sherlock Holmes de Arthur Conan Doyle. Falei bastante sobre o enredo nos vídeos do Leitura todo dia e no geral os três contos finais são meus favoritos da edição. Outro ponto positivo é que os casos têm motivações diversas, familiar, política, criminosa, romântica, o que cria uma combinação interessante de casos para Sherlock investigar. A relação do detetive e Watson também é intensa e peculiar. Um bom livro


3 motivos para ler Os reis da festa de Henri B. Neto

3 de fevereiro de 2019

Não é surpresa para os leitores que acompanham o Estante da Nine há algum tempo o quanto sou fã do trabalho de Henri B. Neto. Minha admiração por ele vai além dos nossos anos de amizade e tenho muito orgulho sempre que alguém recomenda o trabalho dele. Em janeiro eu li Os reis da festa e me apaixonei pela história, tanto que quero dirigir um filme sobre ela algum dia, e por ser a primeira história favorita do ano é claro que ela merecia uma recomendação por aqui, então hoje vou compartilhar meus 3 motivos favoritos para você(s) ler o conto.

Leia também: 3 motivos para ler Contra tempo de Henri B. Neto

1. A LINHA DO TEMPO
Um dos pontos altos de Os reis da festa, provavelmente meu favorito, é a linha do tempo. O contexto do enredo é uma festa na casa de Júlio. Toda a aproximação dos personagens, as trapalhadas dos amigos e a descoberta que algumas coisas que não são bem o que parecem se desenvolve em meio aos caos de jovens e o caos pessoal de Cauã, que quer realmente provar para Júlio que está interessado enquanto a ex-namorada marca presença em cima.



Leitura todo dia: semana 104

Domingo é o dia oficial de riscar atividades da lista de afazeres e o bate papo da vez é com o resumo da semana 104 do projeto Leitura todo dia que aconteceu de 23 a 29 de janeiro (o vídeo saiu na quarta no canal, já é inscrito?), período que teve livro parado, e-book concluído e favorito e nova leitura da meta selecionada. 

Infância dos mortos de José Louzeiro foi o único livro da semana passada, que não rendeu, e depois de ler 11 páginas na quarta, 23, resolvi parar. A história é incrível sim, mas pesada - no trecho em que pausei acontecem sequências de cenas de violência ou abuso, então estava realmente difícil viver, controlar o humor e encarar um enredo cru. Espero voltar a fala sobre o livro na semana 105.


Leitura todo dia: semana 103

30 de janeiro de 2019

Eu detesto começar um resumo do projeto Leitura todo dia em tom negativo, mas a verdade é que depois da semana 102, que apesar de tudo foi boa, essa foi um fiasco. Muitos dias sem pegar um livro na mão, os poucos que li não renderam nada e a história pesada também pode ter contribuído para que a coisa não saísse do lugar, e não dá para esquecer o calor, hehehe. O resumo de hoje é com o que li (ou não), entre 16 a 22 de janeiro (update: publicação mega atrasada, porém parcialmente salva desde sexta).

Infância dos mortos de José Louzeiro foi o livro da semana e apesar de adorar o enredo e a história ter cara de favorita, é pesado demais, com cenas de violência e abuso em sequência, sem contar o próprio contexto de vida de rua com crianças e adolescentes. Gostaria de concluir o livro em janeiro, mas não vou conseguir. Espero que a próxima semana seja produtiva, porque esse resumo 103 fechou em apenas 62 páginas lidas e 4 dias sem leitura. Como estão as metas por aí?

Assista ao vídeo da semana 103 do projeto Leitura todo dia

LIVRO
Infância dos mortos de José Louzeiro (compre no Estante Virtual)

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine