O talismã do poder de Licia Troisi

16 de agosto de 2019



O talismã do poder
#3 Crônicas do Mundo Emerso
Autora: Licia Troisi
Tradutor: Mario Fondelli
Editora: Rocco
Edição: 2007
Páginas: 424
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA MAIS
Crônicas do Mundo Emerso
O terceiro e último volume da série Crônicas do Mundo Emerso, o Tirano está a um passo da conquista final. Um misterioso talismã é a única saída para evitar a derrocada das Terras Livres. Para utilizá-lo, Nihal e Senar precisam encontrar as oito pedras que compõem o objeto. Juntas, elas concentram energia suficiente para combater a maldade do Tirano. Mas será que os jovens conseguirão encontrá-las a tempo? Este é o desafio enfrentado por Nihal, a protagonista da série de fantasia criada pela jovem autora italiana Licia Troisi. Única sobrevivente de uma raça exterminada pelo Tirano, a jovem de olhos cor de violeta, cabelos azuis e grandes orelhas pontudas tornou-se uma guerreira de verdade e concentrou todas as forças que lhe restaram para enfrentar a batalha final.

A vontade de escrever era muita, mas sem computador as coisas ficaram complicadas. Voltei aos velhos tempos onde eu e meu irmão dividimos a mesma máquina, mas agora é dele, não minha. Apesar de todos os perrengues tecnológicos o Estante da Nine, blog e canal, segue em frente e hoje é dia de escrever – finalmente, sobre O talismã do poder, livro de Licia Troisi que encerra a trilogia Crônicas do Mundo Emerso.

Quem assistiu os vídeos dos últimos meses do projeto Leitura todo dia ou me segue no Instagram deve ter percebido minha saga com esse livro. Eu tinha certeza que depois de certo ponto, mais ou menos na metade da história, as coisas iam fluir, mas a verdade é que O talismã do poder deixou a desejar, principalmente depois da surpresa positiva que foi a leitura de A missão de Senar.

O livro começa com o Tirano invadindo e conquistando os últimos territórios livres do Mundo Emerso e Nihal tem a missão de reunir as pedras que formam o amuleto capaz de derrotar o vilão. A ideia e o contexto do enredo são ótimos, eu adoro o universo criado por Licia Troisi, mas o que era para ser um desfecho épico, com batalhas e superação, se resume a um livro onde o romance, que nunca me convenceu, é o ponto principal. Por aí vocês já captaram meu dilema com a história, né?! Por isso para a opinião do dia separei mais algumas considerações em tópicos.


PONTOS POSITIVOS

  • a participação dos personagens secundários que ganharam mais relevância no terceiro livro;
  • o outro lado da guerra e mais sobre o Tirano, já que até O talismã do poder a apresentação do vilão ainda era vaga;
  • um panorama do Mundo Emerso, o ponto mais interessante da jornada de Nihal, já que apresenta ao leitor todo tipo de território e as populações que formavam o continente antes da guerra;
  • a busca pelas pedras para formar o amuleto também tem seus momentos interessantes, apesar de nem toda jornada acontecer com a mesma intensidade.

PONTOS NEGATIVOS

  • a aventura não foi bem aproveitada, principalmente porque teve bons momentos de ação, aventura e suspense, mas se resumiu a dilemas amorosos e, mais uma vez, o casal proposto por Licia Troisi nunca me convenceu;
  • o romance tranquilamente poderia ser concluído no livro 2 para que a jornada e a guerra tivessem destaque, já que é por esse caminho que a autora conduz o leitor pelos volumes anteriores;
  • Nihal sem dúvida evolui, mas através dos desafios pelas pedras é possível perceber que algumas características da personagem, durante os principais eventos da história, não se confirmam, que a autora ainda se contradiz na construção de certas características e como não simpatizei com a protagonista esse foi outro empecilho considerável nessa experiência de leitura;
  • a batalha final, sem dúvida, foi o ponto mais decepcionante do terceiro livro, principalmente porque a capa da destaque a esse acontecimento, os três livros conduzem para esse momento decisivo, mas no ápice a guerra é morna e não o acontecimento marcante da trilogia.

Eu gosto do universo criado por Licia Troisi, os personagens passaram por jornadas individuais e conjuntas, evoluíram até certo ponto, mas as escolhas da autora, os acontecimentos principais do terceiro livro, não me agradaram, além do grande porém com o romance (desculpa repetir, é porque foi algo chato mesmo). Por tudo isso a leitura se arrastou por meses e meses, muita além do que eu esperava. Tenho curiosidade em conhecer mais do universo do Mundo Emerso, mas por enquanto não tenho intenção de ler outros livros da autora. Não foi arrependimento, só não foi amor. Já aconteceu por aí?

Beijos!

Fotos: Nine Stecanella
*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

2 comentários

  1. Encontrei seu blog por acaso, porque estava no Twitter e compõe estou relendo esses livros fiquei com vontade de ver se ainda tinha alguém falando neles. Li pela primeira vez todos da primeira trilogia quando tinha 15 anos, e esses livros chegaram até mim num momento bem ruim. Eles foram uma válvula de escape perfeita na época! E agora, relendo depois de tanto tempo, continuo achando maravilhosos. Acho que eu sou tão apegada às boas lembranças que eles me trouxeram que não consigo ver defeitos hehe.
    Ah, e eu também li a segunda trilogia, e ela sim foi a decepção. Começa tudo muito bem, mas o terceiro livro FERRA com tudo hahaha. Mas mesmo assim quero ler ela também. A terceira trilogia eu nunca nem cheguei a pegar...
    Enfim, entendo as suas decepções, mas eu sigo amando muito essa trilogia todinha.
    Adorei a resenha! <3
    memorialices.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana! Na época eu comprei 5 livros da Licia Troisi, mas mantive na coleção apenas a trilogia. Eu gostei, com ressalvas, e tenho muito apego ao universo criado pela autora. No futuro pretendo procurar outras histórias delas, e já começar sem expectativas para não me decepcionar.

      Beijos!

      Excluir

Olá! Deixe sua opinião. ;)