O espião que saiu do frio de John Le Carré

7 de abril de 2020



O espião que saiu do frio
Autor: John Le Carré
Tradutor: Adelino dos Santos Rodrigues
Editora: Abril Cultural
Edição: 1980
Páginas: 259
Skoob | Goodreads
Compre na  Amazon

LEIA TAMBÉM
Marnie de Winston Graham
Os obscuros meandros e os bastidores da espionagem política, retratados com toda a crueza e violência. O livro mostra a crueldade de um mundo dividido entre facções que se combatem surdamente e o drama de vidas marcadas pela existência do muro de Berlim. "Temos de viver sem compaixão" - afirma um dos personagens, revelando a regra básica de um jogo político onde não há lugar para nobres sentimentos.

Uma mistura de livros e meta para abril!

3 de abril de 2020

O inesperado março chegou ao fim e apesar de todos os altos e baixos dos últimos dias eu estou confiante de que abril, com seus desafios, será um bom mês. Exatamente por isso separei na estante alguns livros que pretendo ler ao longo dos próximos 30 dias (ou melhor, 27 já que hoje é dia 3), e fica desde já o desafio para você ler mais aí do outro lado também!

Minha leitura atual é O espião que saiu do frio de John Le Carré e, chegando na reta final da história a ação realmente começou, com algumas reviravoltas interessantes e provavelmente uma recomendação do livro em breve no Estante da Nine. A dinâmica da história é excelente, o personagem principal tem um ar de anti-herói, mas não dá pra ter certeza, e todo contexto histórico me fez querer estudar mais sobre o pós Segunda Guerra Mundial.

Assina o feed do Estante da Nine (na lateral direita), para receber todas as atualizações do blog.

Entre minhas edições do sebo selecionei O médico de Stalingrado de Heinz G. Konsalik, volume da coleção Supersellers Record, que tem a Rússia como cenário e um contexto de guerra desolador. Já da coleção Grandes Sucessos da Abril Cultural o escolhido de abril é Os subterrâneos do Vaticano de André Gide, história de conspiração com cenário pra lá de interessante.