Restos humanos de Elizabeth Haynes







Restos humanos
Autora: Elizabeth Haynes
Editora: Intrínseca
Edição: 2014
Páginas: 320
Compre no Submarino

Você conhece bem seus vizinhos? Saberia dizer se eles estão vivos ou mortos? Ao encontrar por acaso o corpo de uma vizinha em avançado estado de decomposição, Annabel Hayer, que trabalha com análise de informações para a polícia, fica horrorizada ao pensar que ninguém — e isso inclui ela mesma — sentiu falta daquela mulher. De volta ao trabalho, ela vasculha os arquivos policiais e encontra dados que mostram um aumento significativo de casos como aquele nos últimos meses em sua cidade. Conforme aprofunda a investigação, Annabel parece cada vez mais convencida de estar no rastro de um assassino, e é obrigada a enfrentar os próprios demônios e a própria fragilidade. Será que alguém perceberia se ela simplesmente desaparecesse? Um thriller psicológico extremamente perturbador, Restos humanos fala de nossos medos mais obscuros, mostrando como somos vulneráveis — e a facilidade com que vidas podem ser destruídas quando não há ninguém que se importe com elas. 

TBR Jar - setembro 2014


Oi guris e gurias. Tudo bem com vocês?
Depois de três meses de poucas leituras, outubro está superando, mesmo que pouco, as expectativas. E como estou concluindo A lista do nunca de Koethi Zan, o sorteado da edição de agosto da TBR Jar, resolvi retomar a coluna. Até agora, a experiência foi muito positiva. Como o sorteio está atrasado, o livro da vez será correspondente a setembro. Espero que até o final do ano eu consiga colocar as leituras da TBR em dia. Vamos ver o livro "pescado" do jarro???


Beijos!

Customização com flores (duas tentativas)


Oi gente, tudo bem?
Hoje vou compartilhar com vocês mais uma experiência de customização. Contei no post em que fiz o cofre e porta bottons que, nos últimos tempos, estou acompanhando muitos blogs e sites que ensinam e dão dicas de projetos. Confesso que não tenho habilidades manuais e quase nenhuma criatividade. As únicas coisas que já fiz na vida foram roupinhas de Barbie quando era criança e bijus de miçangas na adolescência. No entanto, estou empolgada com as customizações porque além de ser algo novo na minha rotina, é um exercício (de paciência, especialmente), bem interessante. E porque, finalmente, minha casa está ficando como quero/ imagino.

No primeiro projeto minha ideia era reproduzir um vaso de flor real. Confesso que o resultado não ficou exatamente como gostaria, mas também não ficou ruim. Um dos erros que cometi foi comprar o material, como as flores artificiais, e deixa-los por muito tempo guardados. As pétalas ficaram amassadas e fora de lugar, mas vocês vão captar (espero) a ideia geral. 

Fotos: Nine Stecanella/ Estante da Nine

Sorteio: Aconteceu em Paris e Aconteceu em Veneza + marcadores

Foto: Nine Stecanella/ Estante da Nine

Oi guris e gurias. Tudo certo com vocês? Tem um tempão que não faço sorteios no Estante da Nine e como recebi alguns livros que não tenho intenção de ler resolvi movimentar as coisas por aqui. Minha intenção, a partir de agora, é realizar duas promoções (ou mais) todos os meses. Espero que gostem! O combo de hoje tem um exemplar de Aconteceu em Paris e Aconteceu em Veneza da autora Molly Hopkins. Os livros estão novos. O primeiro até tentei ler, mas não funcionou comigo. Também vou enviar um kit de marcadores e uma carta ao vencedor. Quem está afim de ganhar os livros???

A Mediadora: A hora mais sombria de Meg Cabot








A hora mais sombria (#4 A Mediadora)
Autora: Meg Cabot
Editora: Bestbolso
Edição: 2012
Páginas: 208
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

Leia também
A terra das sombras | O arcano nove | Reunião

Neste volume da coleção, Suzannah esta de férias e começa a trabalhar como babá em um hotel chique, pois seu padrasto lhe dá duas alternativas: trabalhar, ou receber aulas particulares. Lá, ela conhece Jack, um mediador e Paul, seu irmão, um garoto muito estranho. Suzannah tem que trabalhar e fugir das cantadas de Paul. Numa noite, Suzannah é acordada por um fantasma de uma mulher, a ex-noiva Maria de Silva de Jesse, e ainda exige que a construção de uma piscina nos fundos da casa de Suzannah seja interrompida imediatamente e isso faz Suze pensar em o que esta escondido lá. Suzannah em nenhum momento descarta essa possibilidade. Mas se for isso mesmo? E se solucionarem o seu assassinato e Jesse finalmente passar para o outro lado? Como será que isso vai terminar? Para nossa querida mediadora, problemas e aventuras é o que não falta.

Renove-se nesta primavera


Já contei que adoro as estações coloridas e quentes do ano?! Todas as ideias e projetos que anotei ao longo dos meses começam a ganhar forma. Além disso, minha animação é visivelmente contagiante. Mas não é só isso...

Há algum tempo penso em fazer mudanças. Talvez porque esteja mais perto dos 30 do que dos 20, talvez porque serei madrinha de uma garotinha linda, Luíza, que nasce em fevereiro. Talvez por ter responsabilidades de adulta agora. Sempre existe aquele momento de virada.

Há quase seis anos compartilho alguns dos meus assuntos favoritos no Estante da Nine. E chegou a hora de me arriscar em novas aventuras. Aos poucos, vocês verão posts diferentes por aqui, alguns que já planejo há um ano e faltava apenas aquele tantinho de coragem para colocar em prática. Outros serão pessoais. Outros ainda serão sobre situações cotidianas.


Meus jogadores preferidos da MLB


(Post publicado originalmente no meu Tumblr dia 11 de junho de 2014. Sim, outros assuntos que gosto aparecerão por aqui a partir de agora)


Nada melhor do começar uma nova fase no Estante da Nine com meus jogadores preferidos da Major League Baseball. Acho importante deixar claro que comecei a acompanhar o esporte este ano e como são muitos, mas muitos jogos por semana, seria humanamente impossível ver todos. Lógico que minha lista é baseada em partidas que assisti e gostei dos jogadores. E por gostar, entram os motivos mais variados. Ainda estou aprendendo sobre esquemas, regras e tudo mais. Sem dúvida, no futuro, pretendo escrever mais sobre a MLB. Embora eu torça para o Boston Red Sox (sim, por causa daquele filme Amor em jogo), simpatizo com vários outros times (Los Angeles Angels, Los Angeles DodgersSaint Louis Cardinals e Pittsburgh Pirates). Bom, vamos lá?

Andrew McCutchen (Pittsburgh Pirates) é meu favorito. Foi o primeiro jogador que vi acertando bolas incríveis (quando não perdidas). O vídeo abaixo é do jogo do dia 10 de junho.