Document Your Life (maio, 2016)

31 de maio de 2016

Abril foi o mês que minha vó paterna se foi e é chocante se dar conta de que o tempo passa voando. Maio foi a vez de visitar duas vezes minha avó materna porque é sempre melhor aproveitar o tempo em vida do que se arrepender após a morte. Felizmente, por morarmos na mesma cidade, eu e a vó Maria convivíamos muito juntas! O registro deste Document Your Life aconteceu no dia 5 de maio!


Beijos!

Memórias da casa dos mortos de Fiódor Dostoiévski

26 de maio de 2016




Memórias da casa dos mortos
Autor: Fiódor Dostoiévski
Editora: LePM Pocket
Edição: 2008
Páginas: 328
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

LEIA MAIS
Notas do subsolo de Dostoiévski
Memórias da casa dos mortos narra em forma de romance um dos períodos mais difíceis da vida de Dostoiévski (1821-1881): os anos em que passou na prisão. Em 1849, ele foi condenado à morte por debater idéias 'revolucionárias'. Porém, minutos antes do fuzilamento, sua pena acabou sendo comutada por quatro anos de prisão e trabalho forçado na Sibéria. Essa fase, de 1850 a 1854, deixaria marcas profundas no escritor, que transformou a dor do confinamento neste livro.


Beijos!
Batom Ultra Color Lipstick 154 Nude Matte da Avon
*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine


TOP 5: séries de livros para concluir em 2016

22 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? O vídeo de hoje é uma lista com cinco séries de livros que eu já comecei a ler há algum tempo e espero concluir em 2016! Ao longo dos próximos meses vocês verão os livros nas minhas metas mensais e da semana, e também nas redes sociais, que estão sempre atualizadas sobre minhas leituras. A lista de séries para terminar é bem maior que isso, mas conforme eu for riscando itens da lista volto aqui para gravar novas metas. E vocês, pretendem concluir alguma (as) série (s) neste ano?


LIVROS
Prodigy de Marie Lu
Destina de P.C.Cast e Kristin Cast
Os Herdeiros dos Titãs de Eric Musashi
Os reis partidos de Robert Holdstock

Beijos!
Lápis boca Vinhê da Quem disse, Berenice?

Time Out – Os viajantes do tempo de vários autores

20 de maio de 2016




Time Out
Os viajantes do tempo
Vários autores
Editora: Estronho
Edição: 2011
Páginas: 120
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon
No ano de 1943, algo surpreendente aconteceu ao destróier Eldridge e seus geradores de invisibilidade. Ele não desapareceu apenas nos radares inimigos. Ele e sua tripulação passaram inexplicavelmente para outra dimensão. Há dezenas de anos físicos e cientistas trabalham em projetos ultra-secretos relacionados a viagens no tempo, e hoje você será convidado a conhecer Time Out - Os viajantes do tempo, por alguns dos melhores autores de ficção científica do Brasil.

Memórias de um sargento de milícias de Manuel Antônio de Almeida

16 de maio de 2016




Memórias de um sargento de milícias
Autor: Manuel Antônio de Almeida
Editora: Orbis (capa ilustrativa da Ática)
Edição: 2011
Páginas: 182
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

LEIA TAMBÉM
Triste fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto
Escrito numa época em que a ficção de folhetins era sinônimo de idealização romântica, Manuel Antônio de Almeida rompeu o ciclo de heróis e heroínas e suas aventuras amorosas para narrar o cotidiano das classes populares, suas desventuras e seu anti-herói por excelência: o malandro. Leonardo, seu protagonista, nada tem em comum com os heróis românticos da época. Desde muito cedo deu as costas para a vida acadêmica e religiosa para desfrutar do ócio. Não sofre remorsos nem dores de amor, e quando é feito sargento se identifica mais com a malandragem do que com as forças da ordem. Com sua narrativa centrada nos homens livres, mas despossuídos, do Brasil dos tempos de d. João VI, este romance pioneiro oferece um panorama cômico e precioso do modo de vida e da moralidade incrivelmente adaptável de um país ainda em construção.

Oi gente, tudo bem? Memórias de um sargento de milícias de Manuel Antônio de Almeida foi a escolha de abril/ maio para o projeto de leitura dos clássicos brasileiros e de língua portuguesa. Outra vez foi uma experiência extremamente positiva e conto porque gostei tanto no vídeo novo!


Beijos!
Batom Pink Energia de Natura Faces
*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Meta da semana: 15 a 21 de maio

14 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? Por aqui maio está superando as expectativas já que abril não foi muito produtivo. E como prova dessa mudança a coluna meta da semana está de volta e desta vez para ficar (espero muito conseguir publicar todos os sábados ou domingos, mandem boas energias pra cá, hehehe). Mês passado conclui apenas três livros e hoje é dia 14 de maio e já li quatro. Bom motivo para estar animada, né?

Na semana que passou conclui duas leituras. A primeira delas foi Morte e vida de Charlie St. Cloud de Ben Sherwood, que começou me surpreendendo pela boa narrativa e pela complicada história de família, mas perdeu totalmente minha simpatia após uma reviravolta, perto da metade do livro. Achei desnecessárias algumas situações que o autor criou e mesmo encarando como história de ficção com cunho espiritual, não gostei de muitos momentos do enredo. Comentei brevemente sobre ele nas redes sociais e não tenho intenção de fazer uma resenha ou vídeo para o livro, já que a história foi apenas ok!

Já o segundo livro finalizado na semana foi Time Out - Os viajantes do tempo, compilação de contos brasileiros sobre ficção científica e viagem no tempo lançada pela editora Estronho em 2011. Escolhi a edição para levar na bolsa durante maio, mas comecei ontem pela manhã e terminei durante a noite. Curti a maioria das histórias e o enredo explorado por cada autor. No geral as histórias são criativas e arrepiantes. Em breve vou escrever mais sobre o livro aqui no Estante da Nine.



Para a próxima semana separei três livros: O amante de Lady Chatterley de David Herbert Lawrence, escolha para o Projeto 1001 livros. Já comecei a leitura, pretendo seguir no capítulo V na página 50 ainda hoje, e já marquei muitas passagens interessantes, discussões sociais e culturais pertinentes aos dias atuais. Cada vez mais tenho percebido minha simpatia pelos autores ingleses e pretendo incluir outras leituras britânicas na minha meta ao longo desse ano.

As outras duas escolhas de leitura para os dias que virão são As vantagens de ser invisível de Stephen Chbosky, que inclui na minha meta de 12 livros para 2016 e espero fazer resenha sobre o livro e o filme em sequência; e Amor de perdição de Camilo Castelo Branco, escolha do mês para o projeto de leitura dos clássicos brasileiros e de língua portuguesa


Maio tem tudo para ser extremamente produtivo nas leituras e falei mais sobre os livros que escolhi para o mês no vídeo Meta de leitura: maio (2016). No post eu também explico porque escolhi cada história e comento sobre qual projeto ou desafio elas fazem parte. Como sempre, separei alguns títulos extras just in case sobre alguns dias livres. Vai saber, né?!

E vocês, o que pretendem ler em maio? Eu tenho tentado me desprender dos números e focar na qualidade das leituras, mas mês ou outro eu fico triste por ler pouco, principalmente naquelas épocas em que a preguiça vence. O pior de tudo: isso faz parte da vida de leitor, não tem jeito, hehehe. Boas leituras.

Beijos!
Fotos: Nine Stecanella

Resumo de abril (2016) - HP, House e GoT!

11 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? O vídeo de hoje é para a coluna resumo do mês, onde eu falo sobre os filmes e séries assistidos nos últimos tempos e felizmente abril foi um mês muito produtivo nesse quesito porque retomei duas séries que estavam abandonadas há algum tempo. Falei sobre Harry Potter, House e Game of Thrones. Me conta nos comentários o que tu assistiu em abril e se tu acompanha e gosta de alguma produção citada no vídeo!


FILME
Harry Potter e o enigma do príncipe - dirigido por David Yates

SÉRIES
House - 6ª temporada
Game of Thrones - 1ª a 5ª temporadas

Beijos!

Livros novos dos últimos tempos!

8 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? O vídeo de hoje é pra mostrar os últimos livros que chegaram na minha coleção entre compras no bazar Casa Maria, aqui em Caxias do Sul, e os recebidos na caixa postal (confira o endereço na aba "contato"). E vocês, o que compraram nos últimos tempos?


LIVROS
Assassinos do vinho merlot de Ellen Crosby
1280 almas de Jim Thompson
Livro de marcar filmes - organização Increasy
O primeiro último beijo de Ali Harris

Beijos!
Batom cremoso Marronzíssimo 809 da Quem disse Berenice?

Meta de leitura: maio (2016)

6 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? O post de hoje é para inaugurar uma nova coluna no Estante da Nine: a meta de leitura, que será mensal e uma previsão do que vou ler durante maio, não escolhas obrigatórias. No vídeo comento sobre os livro e porque selecionei cada um na estante. E vocês, o que pretendem ler esse mês


LIVROS
A sociedade do anel de J.R.R. Tolkien 
Amor de perdição de Camilo Castelo Branco
O amante de Lady Chatterley de David Herbert Lawrence
As vantagens de ser invisível de Stephen Chbosky
Time Out - Os viajantes do tempo de vários autores
Censores de Ita Luis
Memórias de uma gueixa de Arthur Golden

Beijos!

Leituras de abril (2016) - Jane Austen e Tchekhov!

5 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? Maio começou e chegou a hora de conversarmos sobre nossas leituras de abril. Apesar de poucos livros, li apenas três durante o mês passado, consegui concluir duas histórias que estavam em andamento há algum tempo e também fazer a primeira leitura para o Desafio livros e seus filmes. Gostei muito das três experiência, então o saldo de abril foi positivo, apesar de tudo. E vocês, o que leram mês passado?


LIVROS
O assassinato e outras histórias de Anton Tchekhov (resenha)
O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares de Ransom Riggs (resenha)
Persuasão de Jane Austen (resenha)

Beijos!

7 anos de Estante da Nine

1 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem? O dia 1º de maio é muito especial porque é o aniversário do Estante da Nine. Em 2016 o blog completa sete anos e nessa data eu sempre sento e penso em tudo que já aconteceu durante esse período. A Nine que escreve hoje é bem diferente da Nine que começou essa página, ainda uma estudante de jornalismo cheia de expectativas. Aos 28 anos a gente percebe e aprende muitas coisas que aos 21 ainda estão longe de acontecer.

Eu novamente estou num período de transição. Minha rotina de trabalho mudou consideravelmente esse ano e eu tento, na medida do possível, manter o Estante da Nine sempre atualizado. Porém, aquela ambição de um post por dia ainda não é viável, embora seja um objetivo. Eu aprendi que é normal ter momentos de desanimo, ficar desmotivada e até pensar em abandonar tudo. O Estante da Nine é um hobbie como já escrevi e comentei muita vezes e a vontade de transformá-lo em trabalho acabou. Por quê?

Bom, porque para transformar o Estante da Nine em trabalho, além da qualidade de conteúdo que eu sempre procuro manter, assim como a sinceridade e transparência, é preciso focar em números. E eu, com muito esforço, desapeguei dos números. Eu quero seguidores e inscritos que se identifiquem com o que escrevo por aqui, que interajam comigo e mesmo que descordem de minha opinião, sintam-se motivados em comentar e discutir os temas. Só números não me interessam mais.

Outra razão importante é que eu não considero mais o Estante da Nine um blog literário. Já falei sobre isso no post de Sumiço, trabalho e novos (ou nem tanto) rumos do Estante da Nine. Claro que os livros sempre serão o tema principal, mas não exclusivo. Eu quero ter a liberdade de sentar e escrever (ou gravar) sobre qualquer assunto que eu considere relevante sem me prender a segmentos. O objetivo é expandir isso também para o canal. 

Outra postura que eu adotei nos últimos anos é falar sobre os livros que eu gostei e recomendo, além das leituras de projetos e desafios, e comentar sobre as experiências negativas apenas se eu considerar relevante a discussão. Minha média de leituras mensais caiu e isso também influência na produção de conteúdo para o Estante da Nine. Não quero encher o blog de posts mais ou menos só para mantê-lo atualizado.

Outras publicações interessantes que podem complementar esse texto de aniversário são Parcerias: ter ou não ter?Desapegar é bom. É inevitável dizer que todas as mudanças que estão acontecendo no Estante da Nine, especialmente a partir de 2014, tem ligação direta com a minha vida e as mudanças que vêm acontecendo nela. Eu amadureci em muitos sentidos e isso também se reflete no blog, que é uma página pessoal

Por fim, é claro que eu não poderia escrever um texto de aniversário sem agradecer a todos que desde 2009 acompanham o Estante da Nine. Só tenho a agradecer aos leitores antigos e aos novos, que sempre comentam por aqui, no canal ou nas redes sociais. É impressionante que naquelas épocas mais desmotivadas eu sempre receba recados ou e-mails que me motivam a continuar. O clichê é real: só faz sentido compartilhar porque vocês estão aí do outro lado. MUITO OBRIGADA!!!

Beijos!