O parentesco de João e Jesus e mais detalhes da história no evangelho de Lucas

20 de janeiro de 2018

O final de semana chegou e com ele a possibilidade de organizar a bagunça e colocar algumas pautas em dia. Hoje vou compartilhar no Estante da Nine a minha experiência de leitura com o terceiro livro do novo testamento, O evangelho segundo Lucas, que eu achei semelhante a Mateus em muitos sentidos e tenho a impressão que Marcos, por enquanto, é meu livro favorito.

E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.
Lucas - capítulo 3, versículo 11

O evangelho segundo Lucas foi uma leitura excelente principalmente porque no primeiro capítulo conta detalhes da família e vida de João Batista, um dos personagens mais representativos da história. Eu desconhecia o parentesco entre ele e Jesus e também imaginei que os personagens tivessem idades distantes, quando na verdade o nascimento de ambos é próximo, com poucos meses de intervalo. É interessante observar como  o anjo aparece para Isabel, mãe de João, e como Deus agracia a família com o milagre do filho, apesar da idade avançada do casal, e também como havia planos para o João desde o começo, assim como para Jesus.

O batismo de arrependimento é novamente explicado n'O evangelho segundo Lucas, e até por destacar a história de João Batista faz todo sentido. A linhagem de Jesus aparece novamente, e é contada, desta vez, dos dias presentes até o primeiro homem da família. Mais uma vez as analogias e parábolas sobre a natureza servem para explicar lições importantes que discípulos e seguidores parecem ignorar no decorrer das andanças de Jesus (ou não entender direito).

Dizendo: É necessário que o filho do homem padeça muitas coisas, e seja rejeitado dos anciãos e dos escribas, e seja morto, e ressuscite ao terceiro dia.
Lucas - capítulo 9, versículo 22

O livro de Lucas retrata cenas que o leitor já conhece dos evangelhos anteriores, mas com detalhes específicos e, mais uma vez, através de outro ponto de vista. O interessante da experiência de leitura do novo testamento até agora é a riqueza da história, que além de retratar a vida de um homem incomum para época, mostra a trama política e econômica por trás da sociedade antiga, as relações de poder, o papel da religião e a dominação de outras culturas.

Compre na Amazon a nova edição literária da bíblia lançada pela Companhia das Letras




Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?
Lucas - capítulo 14, versículo 28

João é o quarto e último dos evangelhos e estou curiosa pelo que vai revelar de inédito e o que vai reforçar da história. Lucas foi interesse e peculiar e apesar de extenso li em dois dias, nas poucas horas que dediquei a leitura. Os detalhes são importantíssimos para dar o contexto de certos milagres de Jesus e contar a história de João Batista sem dúvida foi o ponto alto da minha leitura. Até agora o novo testamento tem sido um projeto cheio de surpresas e reflexões importantes. Até o próximo!

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine