A hospedeira de Stephenie Meyer

29 de março de 2013





A hospedeira
Autora: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Edição: 2009
Páginas: 557
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Bones (1ª temporada)

26 de março de 2013





Bones
1ª temporada
Episódios: 22
Duração: 40 minutos
Emissora: Fox
Compre no Submarino

Bones.
Melhor definição: amor no episódio piloto. Sim!
Por algum motivo que não sei explicar eu nunca tinha assistido Bones de verdade. Algumas vezes até parei enquanto trocava os canais da tv, mas nunca prestava atenção. No meu aniversário, em dezembro, resolvi comprar o box da primeira temporada e na semana passada comecei a assistir. A sinopse era atraente, Fringe terminou e eu queria me apaixonar por um novo personagem super inteligente. Foi o melhor presente de aniversário que eu poderia me dar! \o/

O primeiro episódio de uma série é sempre uma experiência interessante. Mesmo que ela já esteja no ar há muitas temporadas (como é o caso de Bones), é preciso lembrar que tudo isso começou lá no episódio piloto. Ele é o responsável por vender a ideia do programa (e conquistar investimentos para a produção) e o mais importante de tudo, conquistar a audiência. Se eu tivesse assistido ao primeiro episódio na época de lançamento tenho certeza de que teria me apaixonado. Exatamente como aconteceu há uma semana.



O enredo da série é bem simples: um agende do FBI, Seeley Booth, solicita os serviços de uma antropóloga forense, Dra. Temperance "Bones" Brennan, para desvendar a identidade das vítimas onde tudo que restou (na maioria dos casos), foram os ossos. Com o passar do tempo o contato entre os dois se intensifica e eles passam a ser parceiros. A série começa quando os dois personagens passam a trabalhar juntos.

A dinâmica dos episódios é uma mistura de drama, humor e ciência. Os dois protagonistas são totalmente opostos, o que rende algumas brigas e discussões bem intensas. Além disso, são extremamente apaixonados pelo trabalho e competentes. O senso de justiça está em ambos, mas os métodos são inteiramente diferentes. Outro ponto que gostei foi a evolução que a equipe da Dra. Brennan (no Jeffersonian Institution) tem ao longo da série. Eles se tornam protagonistas também.

O foco da primeira temporada é a evolução do relacionamento profissional entre Booth e Bones. Cada episódio apresenta um caso e, nem todos, com final feliz. É possível assistir aos episódios isolados, mas para compreender o relacionamento entre os personagens o interessante é assistir regularmente. Fica bem claro que exite uma atração forte entre os protagonistas, mas na primeira temporada eles não tem nenhum tipo de envolvimento. 

Os últimos dois episódios da temporada são incríveis e o gancho para a segunda etapa de Bones foi muito bom. Atualmente a série foi renovada para a nona temporada e o número de capítulos varia em cada ano. Bones começou com um público de oito milhões de telespectadores (2005-2006), teve seu ápice na sexta temporada ultrapassando os 11 milhões (2010-2011). Atualmente o público da série é de, em média, nove milhões.

Para acompanhar as novidades de Bones curta a fanpage do programa no Facebook. E você, assiste a série ou tem interesse? O que você mais gosta e o que não gosta?

Beijos!
*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë

25 de março de 2013




O Morro dos Ventos Uivantes
O amor nunca morre...
Autora: Emily Brontë
Editora: Lua de Papel
Edição: 2009
Páginas: 292
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes nasce uma paixão devastadora entre Heathcliff e Catherine, amigos de infância e cruelmente separados pelo destino. Mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta: um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança. "Meu amor por Heathcliff é como uma rocha eterna. Eu sou Heathcliff", diz a apaixonada Cathy.

Garota tempestade de Nicole Peeler

22 de março de 2013





Garota tempestade
Autora: Nicole Peeler
Editora: Valentina
Edição: 2013
Páginas: 280
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Mesmo tendo passado a vida inteira na pequena e conservadora cidade de Rockabill, Jane True, 26 anos, sempre soube que não se encaixava numa sociedade pretensamente normal. Durante um de seus clandestinos nados noturnos no mar congelante, desafiando um perigosíssimo redemoinho, uma descoberta terrível leva Jane a revelações surpreendentes sobre sua herança genética: ela é apenas meio-humana. Agora, Jane precisa penetrar um mundo de mitos e lendas, povoado por criaturas sobrenaturais, aterrorizantes, belas e até mortais. Características que também descrevem perfeitamente Ryu, seu novo “amigo” -- um vampiro poderoso, deslumbrante e hummm, aiii... muuuito SEXY. Entretanto, alguém está matando meio-humanos como Jane. A pergunta que não quer calar é: os assassinatos são fruto de uma mente doentia ou há um plano macabro para exterminá-los?

A culpa é das estrelas de John Green

18 de março de 2013





A culpa é das estrelas
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Edição: 2012
Páginas: 288
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam.

The name game book tag

16 de março de 2013

Oi gente, tudo bem? Pois é, nos últimos tempos eu não andava muito animada para gravar TAGs. Mas The name game book tag é tão divertida e rápida que resolvi tirar a preguiça do corpo e mexer na minha estante. Assista o vídeo original aqui


Para a letra "J" escolhi Jogos vorazes;
Para a letra "A" escolhi Amada imortal;
O primeiro "N" foi de Nick of Time;
Para uma das letras mais complicadas, "I", escolhi Indomada;
Para o segundo "N", só uma opção restou, Nicolae;
E para o "E", última letra do nome, Eragon.

Beijos!

Por linhas tortas de Cynthia França + Ainda não te disse nada de Maurício Gomyde

14 de março de 2013





Por linhas tortas
Autora: Cynthia França
Editora: Novo Século
Edição: 2011
Páginas: 328 
| SKOOB |
Compre no Submarino
Por linhas tortas conta uma história de amor e de superação. A história da mulher que compreendeu a importância de assumir a sua individualidade e as rédeas do seu destino. Tímida e introspectiva, Ester conhece cedo o amor da sua vida e acredita que, com ele, será feliz para sempre. Até que a vida a surpreende com um fato inesperado, e ela percebe que não pode vagar pelo mundo como uma sombra, à mercê das adversidades que nos espreitam em todos os lugares. Decidida a mudar, ela dá uma guinada em sua vida e se lança em uma jornada, sinuosa e ao mesmo tempo delicada, em busca de si mesma.

Senhor do amanhã de Vanessa Bosso

12 de março de 2013





Senhor do amanhã
Autora: Vanessa Bosso
Editora: Dracaena
Edição: 2011
Páginas: 435
Skoob | Goodreads
Cuidado! Enquanto lê essa sinopse, eles estão de olho em você. Seus e-mails, telefonemas e até os seus pensamentos estão sendo cuidadosamente vigiados. E arquivados. A Nova Ordem Mundial é uma realidade e a agenda global segue no intuito de eliminar 70% da população terrestre. No mundo atual, nada é o que parece ser. Não acredita? Então leia e descubra o que ninguém quer que você saiba. Descubra quem será o Senhor do amanhã.

Resumo de fevereiro (2013)

9 de março de 2013


FILMES
O leão, a feiticeira e o guarda-roupa
Número 17
Meu namorado é um zumbi

SÉRIES
Heroes [2ª temporada]
Firefly [1ª temporada]
Supernatural [2ª temporada]
Sherlock [2ª temporada]
The Vampire Diaries [4ª temporada]
Once Upon a Time [2ª temporada]

Beijos!

Leituras de fevereiro (2013)

7 de março de 2013


LIDOS
As Crônicas de Nárnia: o cavalo e seu menino de C.S. Lewis
Celestial de Jennifer Laurens
Ainda não te disse nada de Maurício Gomyde
Fúria Lupina América Central de Alfer Medeiros
Um porto seguro de Nicholas Sparks
Senhor do amanhã de Vanessa Bosso
Por linhas tortas de Cynthia França

Beijos!

Fúria Lupina América Central de Alfer Medeiros

6 de março de 2013





Fúria Lupina América Central
Autor: Alfer Medeiros
Editora: Literata
Edição: 2012
Páginas: 220
| SKOOB |

LEIA MAIS
Fúria Lupina Brasil
Brasil, um ciclo de autoconhecimento, revelações e conflitos foi encerrado. Agora, uma nova etapa tem início, envolvendo disputa de território, vingança e traição. O sequestro de uma criança autista com grandes poderes mentais (autêntica peeira, ou fada dos lobos) dá início à missão suicida que é o fio condutor da trama de Fúria Lupina – América Central. Um trio de agentes da Alcateia Global precisa abrir caminho com unhas e dentes por território extremamente hostil dominado por lobisomens arredios e violentos, que renegam o nobre comportamento dos lobos e deixam vir à tona o pior da natureza dos homens.

O leão, a feiticeira e o guarda-roupa - dirigido por Andrew Adamson

5 de março de 2013





O leão, a feiticeira e o guarda-roupa
(The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch and the Wardrobe)
#1 As Crônicas de Nárnia
Direção: Andrew Adamson
Estúdio: Walt Disney Pictures
Ano: 2005
Duração: 143 minutos
Compre no Submarino

É senso comum e a gente sempre pensa quase instantaneamente quando o assunto surge: "O livro é SEMPRE melhor que o filme". Foi mais ou menos com essa ideia que comecei assistir a adaptação de O leão, a feiticeira e o guarda-roupa. Na minha maratona incansável de C.S. Lewis, imaginei que nem de longe o filme ia me agradar já que não gostei da história original. Mas...

Pois é. Eu gostei. E bem mais que o livro. Me julguem.

A produção é da Walt Disney Pictures e embora eu não seja a fã número um, confesso que adoro os cuidados com efeitos especiais, figurinos e cenários. E todos os pontos são impecáveis (na minha opinião de pessoa comum, lembrem-se). Gostei muito da personalidade dos personagens: os quatro irmãos são muito diferentes, mas a personalidade de cada um é linear no filme todo. No livro achei as mudanças abruptas.



Aslam é a figura mais imponente do filme e quando aparece, rouba a atenção! Contudo, os outros seres de Nárnia também têm oportunidade de aparecer, mesmo que rápido. Como toda adaptação, o filme não é fiel ao livro. Mas foi uma das poucas vezes que observei elementos de transição que mesmo diferentes do texto original, correspondem à mesma reação.

Embora seja voltado especialmente ao público jovem, fiquei com a sensação de que é adulto também. Sabe, daqueles que você assiste e decora, mesmo inconscientemente. Espero que as próximas crônicas me envolvam mais e que os filmes sejam tão bons ou melhores que O leão, a feiticeira e o guarda-roupa.

Sim, eu fugi dos filmes porque sempre quis ler os livros!

E vocês, gostam do filme? E do livro?

Beijos!
*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Estante da Nine (61)

3 de março de 2013

Oi gente, tudo bem? Chegou a hora de mostrar tudo que chegou de novo na minha estante em fevereiro. 


PRESENTE
Ana Karênina de Tolstoi (Nova Cultural)

RECEBIDOS
O advogado da vida de Jean Postai (Novos Talentos da Literatura Brasileira)
Garota tempestade de Nicole Peeler (Valentina)
A seleção de Kiera Cass (Seguinte)
Escondida de P.C. Cast e Kristen Cast (Novo Século)
Não posso me apaixonar de Bella Andre (Novo Conceito)
O lorde supremo de Trudi Canavan (Novo Conceito)

COMPRAS (antologias)
Névoa (Andross)
Olympus (Literata)
Angelus (Literata)

TROCAS
Traições de Lili St. Crow (Novo Século)
Ladrões de elite de Ally Carter (Arqueiro)
Dezesseis luas de Margaret Stohl e Kami Garcia (Galera)

Beijos!

Dezesseis luas de Margaret Stohl e Kami Garcia

1 de março de 2013




Dezesseis luas
#1 Beautiful Creatures
Autoras: Margaret Stohl e Kami Garcia
Editora: Galera
Edição: 2011
Páginas: 490
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona.

Dezesseis luas foi uma surpresa. Não esperava nem gostar do livro, mas ele me surpreendeu. O Desafio 2013: livros e seus filmes, até agora, está muito bom. Levando em conta que os protagonistas têm 15 anos e que o tio esquisitão foi meu personagem favorito, Dezesseis luas valeu a pena. Espero que o filme seja aproveitável também. Vou tentar assistir na próxima terça e, em seguida, gravo um vídeo contando minhas impressões. Se você já leu, escreva o que achou nos comentários. E sobre o filme também.


Beijos!
*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine