A biografia de Lionel Messi de Leonardo Faccio

26 de maio de 2014




A biografia de Lionel Messi
Autor: Leonardo Faccio
Editora: Generale
Edição: 2013
Páginas: 160
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Neste livro, o autor não apenas registra a biografia de uma celebridade enigmática, mas faz também uma reflexão sobre um gênio atlético, com base em entrevistas com o jogador, com membros de sua família e com pessoas próximas, incluindo colegas, amigos de infância e até mesmo seu açougueiro favorito. Agora os fãs de futebol que gostam de assistir Messi ganhar vida no campo, vão se surpreender ao vê-lo ganhar vida nestas páginas.

A biografia de Lionel Messi é um livro curto que foca em três anos da vida do atleta: 2009, 2010 e 2011. Embora descreva o período mais significativo da carreira do jogador de futebol e faça um apanhado dos momentos mais importantes da vida pessoal, essa não é uma biografia cheia de detalhes. Como o livro é curto e algumas informações são bem interessantes, farei o possível para ser breve.

O texto de Leonardo Faccio é rápido, ágil e direto. Quase como uma conversa entre os entrevistados e o leitor. E para desenhar os passos de Messi, o jornalista argentino conversa com várias pessoas que contribuíram direta ou indiretamente na vida esportiva de Lionel. Desde os primeiros empresários no país de origem até a cozinheira do alojamento na Espanha onde o garoto almoçava todos os dias nos tempos de categorias de base. Com o biografado, Leonardo Faccio descreve apenas um encontro de cerca de 15 minutos.

Para fãs de futebol e do próprio Messi, que procuram conhecer mais sobre a sua carreira esportiva, mas não toda sua vida, o livro é um ótimo começo. Além de ser uma leitura para todas as idades. No entanto, um ponto me incomodou. Fica claro a imagem que Leonardo Faccio quer passar de Messi: genial dentro de campo e discreto, quase apático, na “vida real”. Todas as pessoas que tiveram contato com o jogador o descreveram como uma pessoa sem empolgação. Terminei com aquela impressão de que Messi só quer ser percebido nas quatro linhas e, fora delas, ser mais um na multidão.

Por mais interessante que possa parecer, Messi não se interessa por quem se interessa por ele (será que deu para explicar bem?). Embora nunca tenha se negado a participar de ações e eventos, o atleta faz o que está no contrato. Claro, esse é apenas um lado, de acordo com o fio condutor que Leonardo Faccio usou para compor o livro. Tenho curiosidade em ler outras obras sobre Messi (embora não curta biografias), para esclarecer se essa impressão é generalizada ou não.

Beijos!
*Livro recebido da editora Generale
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine