3 motivos para assistir Dark

28 de setembro de 2020

Dark não estava na minha lista de séries para assistir. Pelo contrário. Quando a produção da Netflix começou a ser comentada em todos os lugares da internet eu fiz cara feia e quis passar longe. Influenciada tremendamente pelo Gabriel (obrigada amor), resolvi ver Dark sem pretensão e devorei as três temporadas em uma semana, coisa que não acontecia a tanto tempo que não lembro quando foi a última vez (e a última série desse fenômeno).

Resumindo: Dark saiu da lista de séries que "não vou assistir" direto para "favoritos da vida". Minha ideia (e missão) é compartilhar no Estante da Nine três dos meus motivos favoritos sobre a produção, sem entregar detalhes importantes do enredo, mas contando elementos relevantes para despertar a curiosidade de quem ler do outro lado da tela. Entre pandemia e poucas leituras, Dark foi uma surpresa excelente

1. UMA SÉRIE PARA MUITOS PÚBLICOS

A principal surpresa sobre minha experiência com Dark é que antes de assistir eu julgava a série específica a um público restrito que gosta de histórias alternativas. Quando de fato comecei a assistir Dark me surpreendeu justamente por funcionar para diversos públicos - dos fãs de histórias de mistério, suspense, e romance, até os apaixonados por ficção científica e fantasia urbana.


2. UM NÚCLEO JOVEM, OUTRO ADULTO

Outro ponto sobre Dark que eu adorei acompanhar é o núcleo de personagens adolescentes - que formam a base de parte do enredo, e o adulto - que compõem o outro trecho da trama. Ambos estão interligados, afinal tudo se passa no mesmo lugar, mas cada faixa etária tem seus próprios dilemas, inclusive dentro das famílias, como os conflitos entre pais e filhos, e os rancores antigos de pessoas que há gerações vivem sempre dentro do mundo limitado de Winden.

3. A CIDADE

Eu já falei (e escrevi) inúmeras vezes no Estante da Nine como eu gosto quando o cenário - em Dark a cidade - são elementos essenciais do enredo, e na série Winden é parte fundamental dos principais acontecimentos da trama e da vida dos personagens. Eu sou fã de histórias que se passam em cidades pequenas e Dark me envolveu logo no primeiro episódio.

As três temporadas de Dark estão disponíveis na Netflix e como uma pessoa que pagou a língua por julgar antes do tempo fica aqui a recomendação: assista a série. Dark funciona para públicos diversos porque mistura elementos como suspense, drama adolescente e crise de meia idade, permeada por uma cidade repleta de segredo. E por ai, já assistiu Dark?

Beijos!
Foto: Divulgação

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá! Deixe sua opinião. ;)