Easy de Tammara Webber

21 de setembro de 2013





Easy
Ela foi salva por um estranho. Ele é assombrado por um segredo. Às vezes o amor não é nada fácil.
Autora: Tammara Webber
Editora: Verus
Edição: 2013
Páginas: 308
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.

Easy de Tammara Webber é mais um livro novo adulto que está dando o que falar. Resolvi antecipar o post para aproveitar que a publicação está em alta, especialmente neste último mês. Este é o segundo livro do gênero que li e que ainda não fui fisgada. Claro que farei outras tentativas, mas para quem acompanha novo adulto com mais frequência, não espere algo fantástico.

O livro começa com Jacqueline, a personagem principal, precisando lidar com o término do namoro repentino. A justificativa usada por Kennedy, seu namorado desde o último ano do ensino médio é que, no futuro, quando se tornar um político, não poderá se envolver em escândalos sexuais e, portanto, precisa aproveitar seu tempo com outras garotas e festas durante a faculdade.

A justificativa é tão boba que Jacqueline leva um tempo até assimilar a situação por completo e, em um dia como outro qualquer, acompanha a colega de quarto até uma festa com membros das fraternidades da faculdade. Sem ânimo para ficar no local, a jovem decide voltar ao dormitório e quando está chegando ao seu carro, no estacionamento próximo, é abordada por Buck, um garoto rival de Kennedy, que parte para cima da protagonista e tenta estuprá-la. E então, entre em cena o segundo protagonista, Lucas, um garoto que rouba totalmente a cena durante o livro.

O ponto que mais gostei da narrativa de Tammara Webber, além do tema delicado que a autora trata, é que o relacionamento entre Lucas e Jacqueline evolui de forma gradual, natural. Até pela circunstância em que se conhecem, ficaria totalmente forçado acelerar um romance entre os dois personagens em poucas páginas.

Outro traço marcante da leitura é que a autora determina muito bem o perfil de cada um dos personagens principais e secundários que são importantes para a trama. Eles são o que são ao longo de todo o livro. O leitor consegue identificar os principais pontos da personalidade de cada um e entender porque se comportam de determinada maneira.



Entre os pontos que não gostei da história estão a falta de atitude de Jacqueline em tomar certas decisões mais cedo, principalmente pelo tema delicado do livro e pelo fato de que, em outros trechos, a protagonista não percebe determinadas situações que são bem fáceis de deduzir. Isso não chega a prejudicar o livro como um todo, já que Tammara Webber construiu e conduziu sua personagem por esses caminhos, mas confesso que em alguns momentos esperava uma postura diferente de Jacqueline.

Sobre Lucas, senti falta de algumas explicações sobre a rotina super, SUPER, cheia dele. Como livro contemporâneo, seria interessante a autora detalhar o porquê do personagem se cercar de tantos cursos, atividades extras, trabalhos em lugares diferentes, além das próprias aulas na faculdade. Como gostei mais deste personagem, gostaria que a história dele estivesse mais presente no livro. E também fiquei um pouco chateada, a ponto de deixar o livro um pouquinho de lado, porque Tammara Webber demora muito para desvendar o segredo do passado de Lucas.

Uma característica interessante é que como os personagens estão na faculdade e são mais velhos, o sexo é algo comum no dia a dia destes jovens. Bem como festas e bebidas. Em alguns livros da categoria sinto como se os autores quisessem criar um ideal de juventude que não existe. Em Easy, é fácil se identificar com a rotina dos jovens. É natural. É o que a maioria de nós vive ao longo dos anos do ensino superior.

Além disso, Tammara Webber cria cenas bem picantes entre os dois protagonistas. O leitor consegue sentir a tensão e o tesão entre eles, sem parecer vulgar o exagerado. A autora faz um uso incrível das palavras, através de provocações, brincadeiras e ironias para mostrar o desejo que Jacqueline e Lucas sentem um pelo outro. Este é um dos traços mais marcantes dos livros novo adulto, mas não é o único, lembrem-se.

Acredito que estas são minhas considerações gerais sobre o livro. Avaliei com quatro estrelas no Skoob, apesar de não ter me apaixonado pela história como muitos leitores, eu adorei. Para quem gosta do gênero vale a leitura, mas vá sem grandes expectativas para evitar a decepção. O grande diferencial do livro é o tema.

Ah! E para você que gostou de Travis Maddox em Belo Desastre, se joga, Lucas é muito mais interessante e “real” do que o bad boy que fez tanto sucesso no ano passado.

Para quem prefere assistir, tem vídeo sobre Easy!

Texto + vídeo de Belo Desastre de Jamie McGuire
Resenha de Easy da Gleice do blog Murmúrios Pessoais
Comentário da Mari do Psychobooks sobre Easy na vídeo de Caixa de Correio

Quem gosta de sorteio?/ Confira o vencedor!


Beijos!
Fotos: Nine Stecanella
*Livro recebido da editora Verus
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

28 comentários

  1. Oiii Nine, =) eu gosto muito dos seus videos e das suas resenhas, já comprei muitos livros com base nelas... só vim aqui te dar o parabéns mesmo, até pq então eu já li esse livro. Mas mesmo assim estou assistindo seu video para ver sua opinião.

    Posso te recomendar livros pra resenha?
    - Métrica (gostaria muito que vc fizesse uma resenha sobre ele)
    - Os 13 Porques (não li ainda, mas soube que é um excelente livro, procure saber do que se trata, é um assunto muito delicado que mexe muito comigo).

    Faço resenhas no SKOOB, só que no meu caso é uma resenha 98% critica também.

    beijos Nine e continue fazendo resenha..

    e meu nome é Jade. beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Nine, a maioria das resenhas que tenho lido deste livro acaba citando o Travis, e dizendo que este é melhor que Belo Desastre. Não li nenhum dos dois ainda, mas ambos estão na minha lista de leituras.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Muito boa resenha! Eu gostei muito desse livro. Li totalmente sem expectativas, só pela cuiosidade mesmo, atépq compararam muito com Belo DEsastre (que eu achei bem diferente)e como eu não gostei de BD... Eu adorei a forma como a autora tratou um tema tão delicado, ainda mais em um livro voltado pro público juvenil. (Algo que a autora de BD nao fez.)
    Não achei o livro perfeito, longe disso, mas dentro da sua proposta me agradou bastante.

    bjs!

    Thaís

    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nine..
    eu tb não me apaixonei por esse livro como imaginei que seria.. Na verdade, se fosse pra comprar só os livros, ainda prefiro BD.
    Mas é fato que o livro tem cenas mt boas e a interação entre os protogonistas rende bem.
    A Jaqueline me irritou desde o principio e isso já me fez ficar o resto do livro com birra dela.. Ela realmente tem alguns pensamentos que só atrasaram tudo e seriam 'facilmente' resolvidos se ela tomasse logo a decisão certa!
    Do Lucas eu gostei bastante, embora tb tenha achado que o 'misterio' as vezes irrita! Mas isso é so pq eu sou ansiosa.
    Eu ainda vou reler pq as vezes minha alta expectativa atrapalhou.

    bjss

    ResponderExcluir
  5. Oi Nine!
    Eu li esse livro no ano passado, e gostei do tema abordado pela autora nele, e o Lucas é uma delícia. Aquelas tatuagens JEESUS!!! Apesar disso eu acho que a história caiu um pouco quando a Jac descobre quem é o professor dela, mas voltou com pique quando aprendemos um pouco mais sobre o Lucas.
    Eu concordo com vc quando diz que a autora trabalhou no relacionamento de Lucas com Jac naturalmente. Eu ODEIO pegar um livro e na primeira página já estão os dois personagens principais mega in love um pelo outro.

    ResponderExcluir
  6. oii... eu nao li o livro mas quero muito ler... gostaria muito de ganhar o easy....

    ResponderExcluir
  7. É praticamente uma unanimidade as pessoas falarem que o Lucas é melhor que o Travis... e isso já está me deixando louca para conhecer Easy! Achei legal saber que a autora tratou o relacionamento e o cotidiano dos personagens como eles são de verdade para nós, jovens reais!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Nine! suas resenhas estão cada vez melhores! Espero ganhar o livro, fiquei louca pra ler!

    ResponderExcluir
  9. estou colocando o mesmo comentario aqui, estou participando pelo fake SALLY DAVE, como estou sem face devido as provas da faculdade pq se não, não estudo, ai utilizo esse pra ver seus post. =)

    Oiii Nine, =) eu gosto muito dos seus videos e das suas resenhas, já comprei muitos livros com base nelas... só vim aqui te dar o parabéns mesmo, até pq então eu já li esse livro. Mas mesmo assim estou assistindo seu video para ver sua opinião.

    Posso te recomendar livros pra resenha?
    - Métrica (gostaria muito que vc fizesse uma resenha sobre ele)
    - Os 13 Porques (não li ainda, mas soube que é um excelente livro, procure saber do que se trata, é um assunto muito delicado que mexe muito comigo).

    Faço resenhas no SKOOB, só que no meu caso é uma resenha 98% critica também.

    beijos Nine e continue fazendo resenha..

    e meu nome é Jade. beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Nine!
    Já tinham comentado comigo referente a este livro. Depois que vi o seu video fiquei curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  11. Nine que bom que vai fazer sorteio deste livro kkkkkkkk
    Estou louca pra ler, mas me proibi de gastar mais dinheiro com livros até o fim do ano, então espero poder ganha-lo (:

    Acompanho seu canal faz pouco tempo mas já vi todos os videos e agora estou começando a ler as resenhas aqui do blog, nossas opiniões sobre livros geralmente são bem parecidas.

    Sucesso (:




    ResponderExcluir
  12. gostei da resenha... antes eu queria ler, ai fiquei na dúvida quando todo mundo começou a ler e a dizer que amou ai eu não quis ler mais (do mesmo jeito que em "a culpa é das estrelas" que está encalhado na minha estante).
    ah, não menos importante: adoro seus vídeos!
    xêro

    ResponderExcluir
  13. EU LI EASY E NAO CONCORDO,COM VC EM UM SO PONTO,LUCAS NEM CHEGA AS PES DE TRAVIS MADDOX,TRAVIS E ROMANTICO A MANEIRA DELE,E LUCAS NAO!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Nine eu li Easy ano passado nem sabia que ele viria ao Brasil e fiquei super feliz com a escolha da editora e com a editora em manter a capa original que eu acho divina..O Modelo que faz o Lucas jesuiz rsrs ..A história é bem legal..mais fiquei em certos momentos com raiva da Jacqueline principalmente em ter largado tudo parair atrás de um namorado que nem estava aí para ela..o Lucas é um fofo e trabalhador.. Já quero meu exemplar brasileiro em mãos.

    ResponderExcluir
  15. OI nine..
    Eu sou defensora dos new adults, até agora li 3 e o melhor pra mim foi métrica. Sou amante de poesia e o livro é recheado. Me animei bastante pra ler Easy...vamos ver! Bjo

    ResponderExcluir
  16. Eu li o Easy tem algum tempo...e concordo com o que você disse com relação ao Travis de Belo Desastre. Eu gostei muito do livro, mas depois que eu terminei e dei aquela respirada avaliei melhor a estória, sem aquela empolgação inicial. O Travis é muito imaturo e mimado, e a forma como ele muda de personalidade de forma muito drástica incomoda um pouco, já com o Lucas isso não acontece. Eu não gosto muito do New Adult, eu li um dia desses o livro Entre o agora e o nunca e ele me agradou em partes, mas em outras deixou a desejar. O que sempre acontece quando leio livros desse gênero, até pelo que vc disse, eu nã gosto de cenas de sexo em livros, rs. Mas o Easy é muito bom, creio que o melhor dentre os que eu li na categoria New Adult, amei a sua resenha ;) Vc já resenhou o livro Cante para eu dormir, da Angela Morrison? Gostaria de ler essa resenha, beijos ;**
    http://vaanbarreto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Amei a sua resenha, esse livro foi o melhor que eu li e foi o primeiro que eu li na categoria de New Adult. Ele me surpreendeu muito, já tinha ouvido falar dele algumas vezes e pelo o que diziam, me fez imaginar outras coisas que aconteciam no livro e quando finalizei a minha leitura, me surpreendi muito em ver que não era o que eu esperei, mas sem duvidas era 10 vezes melhor do que o esperado.

    ResponderExcluir
  18. Confesso que ainda nao me aventurei nesse novo mundo dos new adults. Estou super curiosa pra ler Easy e Belo Desastre, pq as meninas enlouqueceram com esses livros e com seus personagens masculinos (até na bienal a editora colocou um cosplay do cara do Belo Desastre =P). Fiquei interessada mais no Easy justamente pelo tema estupro que é algo que me revolta muito e quando sei que tem algo referente a esse assunto eu preciso saber. Enfim, quando tiver a oportunidade irei ler com certeza. Talvez eu seja como vc q nao goste tanto assim, mas um livro 4 estrelas ainda vale mt a pena hehehehe.

    ResponderExcluir
  19. Oi Nine
    A história gira em torno da personagem devastada pelo término de um namoro e ela precisa se reencontrar, superar esse relacionamento e lutar por tudo que deixou de lado por ele. E é nesse momento, de fragilidade e confusão, que ela sofre uma tentativa de abuso sexual e encontra o homem que vai mudar sua vida de cabeça para baixo. Entre os conflitos internos vivenciados pela personagem principal surge um romance de tirar o fôlego. Como não se apaixonar por um homem assim? Intenso, preocupado, centrado, vulnerável… Acredito que no livro os personagens são envolventes e existe uma abordagem intensa sobre temas polêmicos, fortes laços de amizade,sobre o crescimento pessoal que o término de um relacionamento pode acarretar, sem mencionar os problemas familiares. A narrativa da autora se apresenta envolvente. Acredito que Easy é mara!!!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  20. So vejo comentários positivos sobre Easy, gosto muito desse estilo New adult e já me disseram que é um livro inesquecível e bem escrito, ele também está na minha lista para esse ano e espero gostar. Desse gênero li Entre o agora e o nunca e amei, estou com o Métrica para ler também, então acho que também vou gostar de Easy.

    ResponderExcluir
  21. Ainda não li Easy mas sempre vejo essa comparação com Travis. E eu gostei de Belo Desastre, então até por isso quero ler Easy. Gostei de saber que todos os personagens, inclusive os secundários, foram valorizados, tendo um bom desenvolvimento. O tema é mesmo delicado mas parece que a autora tratou isso da melhor forma. Enfim, acho que é uma leitura que só tem pontos positivos a acrescentar.

    ResponderExcluir
  22. Ola Nine,
    Enquanto lia sua resenha percebi que este livro tem temas adolescentes e é ambientado em faculdade, lugar que nem sempre é só preenchido por jovens, há adultos lá que estão trilhando uma nova vida profissional. Embora eu goste de livros adolescentes eu não consegui entender porque é novo adulto, como assim, acredito que esse livro não deve agradar adultos mesmo, digo quem já passou dos 35 anos, rss, acho que ele se propõe muito adolescente com temas relacionados ao amor e o sexo e fica muito restrito a isso. A vida adulta é bem mais do que isso, entretanto como não li nada do gênero até agora, quero participar do sorteio. Excelente resenha.
    bjs
    Luiza Nogueira

    ResponderExcluir
  23. Olá Nine,
    Estou muito curiosa para ler este livro, procurei alguns New Adults depois de ler Belo Desastre e o único que tinha gostado até o momento, mesmo o tema sendo diferente de Belo Desastre, foi Métrica.
    Gosto de autoras que aprofundam na personalidade de cada personagem, acho que assim o leitora fica mais envolvido, e consegue enxergar melhor as atitudes dos mesmos.
    Bjs,
    Bruna

    ResponderExcluir
  24. Nine... Eu amei Belo Desastre. Então amo o Travis. Gosto mais dos personagens imperfeitos, porque por mais que a gente queira as pessoas reais são imperfeitas. E os melhores livros, para mim, são os em que os personagens têm defeitos e amadurecem. Acho que em Easy a personagem Jaqueline deve passar por isso, não sei quanto o restante... De qualquer forma, quero ler o livro. Só estou com medo da suposta "perfeição", kkkkkkkkkkk... Sou do contrário. hihi..
    Adorei a resenha.
    Beijos.

    E-mail: vivianllc.com@gmail.com

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. adoro seus videos.
    fiquei curiosa c/este livro.
    mais um pros desejados no skoob ;)

    bj

    ResponderExcluir
  26. Todo mundo esta comentando sobre esse livro, sua resenha deu mais vontade ainda de ler kakaka
    Seu blog e um dos meus preferidos nine, acompanho a algum tempo, mas de longe, sem nunca comentar.. Adoro seu "trabalho" com o blog e videos, espero que continue por muuuuuuito tempo hahaha
    beijos bruna

    ResponderExcluir

Olá! Deixe sua opinião. ;)