Leitura todo dia: semana 52

4 de fevereiro de 2018

A semana 52 do projeto Leitura todo dia foi cheia de instabilidade, com dia de muita leitura e um sábado e domingo de zero páginas lidas, mas com história finalizada pela segunda semana consecutiva, tudo que eu preciso para empolgar ainda mais com as minhas metas. O resumo da vez é com os livros que estiveram comigo entre 24 a 30 de janeiro, semana que quase completa o primeiro ano de projeto.



A novidade da semana foi a leitura de Fanny Hill de John Cleland, livro que inclui na meta do mês e que intercalo entre ler fora de casa e nas folgas. A história é interessante, cheia de reflexões sociais e embates de caráter, e recheada de cenas sensuais e de sexo, afinal são as lembranças de uma cortesã, mas também com muito do que gira a política e economia do submundo da prostituição. Sem dúvida vou ter muitos pontos para comentar ao final da leitura e vai rolar vídeo e texto com a experiência para o Projeto 1001 livros.

A leitura finalizada da semana 52 foi O cemitério dos vivos de Lima Barreto e que experiência interessante, ainda bem que não abandonei o livro. O título já diz muito sobre a mensagem que o autor quer passar sobre os hospícios e hospitais específicos para doentes mentais, alcoólatras e até condenados por insanidade, mas ler todo tipo de cena surreal que acontece num local assim faz pensar muito sobre como vivemos em sociedade (ou não). Em breve tem recomendação de leitura por aqui. E vocês, o que leram nos últimos dias?

Assista ao vlog da semana 52 do projeto Leitura todo dia

LIVROS
Fanny Hill de John Cleland (compre na Amazon)
O cemitério dos vivos de Lima Barreto (baixe de graça na Amazon)

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine