Selvagens de Don Winslow

30 de dezembro de 2018



Selvagens
Autor: Don Winslow
Editora: Intrínseca
Edição: 2012
Páginas: 288
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
Perdido em Marte de Andy Weir
Ambientalista e filantropo nas horas vagas, Ben comanda um negócio de venda de maconha em Laguna Beach. Ao lado de seu parceiro, o ex-mercenário Chon, ele fatura lucros consideráveis e mantém uma clientela fiel. No passado, quando seu território foi invadido, Chon tratou de eliminar a ameaça. Agora, porém, eles parecem estar diante de uma força da qual não podem dar conta: o Cartel de Baja, do México quer tomar a região e avisa que não irá aceitar uma negativa como resposta. Quando os dois amigos se recusam a recuar, o cartel reforça a advertência sequestrando Ophelia, companheira e confidente dos rapazes. O sequestro deflagra uma gama alucinante de negociações habilidosas e reviravoltas inacreditáveis, que deixarão os leitores ansiosos para descobrir o custo da liberdade e o preço de um grande barato.

Ben, Chon e Ophelia formam um trio peculiar. Amigos, namorados e sócios, os três mantém um estilo de vida extravagante, cada um a sua maneira, e mantém um negócio lucrativo plantando e vendendo maconha potente. Discretos no trabalho, com os amigos necessários e um bom dinheiro na conta, a vida desses três jovens muda quando um cartel se interessa pelo produto e as coisas começam a mudar.

Parado na estante há anos, Selvagens de Don Winslow foi uma das surpresas desse ano, escolha para o Desafio livros e seus filmes. Contemporâneo e cheio de reflexões pertinentes, a narrativa do autor me deixou em dúvida no começo por uma certa falta de conexão com os personagens, mas a medida que o enredo avança, o leitor conhece mais sobre o trio e a ameaça que enfrentam a história fica interessante e difícil de abandonar.



Outro ponto que adorei na história, além do relacionamento do trio incomum, já que são namorados e não uma competição de dois homens por uma garota, é que cada um tem traços bem diferentes da personalidade do outro e traumas marcantes na vida. Um é o oposto do outro e é provavelmente por isso que Don Winslow consegue passar tanto a individualidade de cada, como a unidade dos três juntos.

O problema com a questão da informação não é o quê, é qual. É informação demais, e não suficiente. Você de alguma forma tem que descobrir o que é significativo.
página 165

O tema que se destaca é muito atual: tráfico de drogas. E com ele toda a violência que o crime organizado produz na sociedade. Esses são dois assuntos que andam juntos no decorrer do livro todo e de forma mais sutil, por conta do trauma de um personagem, a guerra e o que ela produz na mente de um soldado e principalmente como uma pessoa volta de um tempo no serviço militar (lembrando que os EUA têm soldados espalhados por todo mundo).



A família e como cada um se relaciona com ela (ou não) também é um tema relevante para se entender as decisões extremas que Ben e Chon tomam no decorrer do enredo e também para trazer a tona a discussão de até que ponto deixamos de lado nos ideias, princípios e opiniões para salvar alguém que se ama. Impossível ignorar o assunto, né?

Don Winslow também explora o funcionamento dos cartéis mexicanos, principalmente a disputa de espaço entre eles, a travessia da fronteira e como o crime arrecada dinheiro. Para quem gosta de enredos atuais esse também é um dos assuntos mais interessantes do livro, que apesar de se passar na América do Norte retrata uma situação bastante vivida na América Latina.



Eu não tinha expectativa para a leitura de Selvagens e foi uma surpresa das melhores. Don Winslow monta uma história familiar e ao mesmo tempo cheia de peculiaridades, com um assunto que deveria ser mais debatido entre a sociedade e como o crime não envolve apenas cartéis, mas uma porção de pessoas envolvidas em organizações oficiais, e é sempre bom questionar quem mesmo está por trás de tudo. A dica de hoje é para quem gosta de histórias contemporâneas, enredos de ação e narrativas fragmentadas. Tem o livro na estante? Que tal incluir nas metas de 2019?

Vídeo de opinião publicado no canal do Estante da Nine

Beijos!

Foto: Nine Stecanella
*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá! Deixe sua opinião. ;)