Um amor para recordar de Nicholas Sparks

7 de setembro de 2011




Um amor para recordar
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Edição: 2011
Páginas: 191
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

SUGESTÃO DE LEITURA
Nicholas Sparks (resenhas de livros e filmes do autor)
Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.

Confesso que fui uma leitora resistente ao Nicholas Sparks. Enquanto todos falavam dos livros dele, eu pensava (e dizia) que não estava no clima. Agora, gosto muito do que e de como ele escreve, porque não resisti e fui conhecer. Um amor para recordar é o terceiro livro que leio do autor. Os primeiros foram Diário de uma paixão e Querido John. E assim como os outros, eu recomendo a leitura.

Existem motivos pela minha avaliação ser de apenas três estrelas no Skoob para o livro, ou seja, bom. O que mais gostei foi o enredo. Sempre que existe um casal e, no romance, a religião passa a ser uma peça fundamental para o desfecho, há elogios e críticas. Na minha opinião, Sparks foi coerente em todo livro e em momento nenhum, abusivo ou exagerado.

O romance do casal Jamie e Landon é a típica história de ensino médio (no Brasil), ou a high school norte-americana. Opostos, ninguém sequer poderia imaginar que pudesse surgir qualquer sentimento entre os dois além dos deboches e piadas de Landon e os amigos em relação a Jamie. Mas, como já sabemos, amor não se escolhe...

O drama, marca do escritor, está lá. O que gostei em relação ao romance é que tudo acontece no tempo certo. Nada foi da noite para dia. Os personagens também não mudam drasticamente. Pelo contrário, aceitam gradativamente o sentimento que surge. Gostei também do cenário. Cidade pequena, na metade do século XX, onde todos se conhecem e convivem juntos, nem sempre bem, mas unidos.

O livro, no entanto, me lembra muito as outras obras que eu já li de Sparks. Em certo momento passa a ser previsível. A menina, sempre meiga. O cara, durão. Na família de um, sempre alguém que rema contra o romance. Não se trata apenas de ser a marca do escritor. Existem trechos muito parecidos entre as outras, por isso a minha avaliação de três estrelas.

Como disse no início, eu indico a obra para quem gosta de romance e drama. Fãs de Nicholas Sparks e ainda, quem não conhece o escritor, porque ele merece ser lido.


PARA VER E OUVIR
*Trailer do filme, próxima resenha do blog


Beijos!

*Livro recebido da editora Novo Conceito, parceira do Estante da Nine
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine