Diário de uma paixão de Nicholas Sparks

8 de janeiro de 2011




Diário de uma paixão
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Edição: 2010
Páginas: 223
Compre no Submarino

Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou.
Noah Calhoun 

Como começar uma resenha falando de um livro e de um escritor que na minha cabeça não eram meu tipo de leitura? Talvez... dizendo que foi um grande engano?! Diário de uma paixão é um livro incrível.

Nunca tinha lido Nicholas Sparks porque não estava no clima de histórias de amor. E confesso, tinha uma ideia bem diferente de como seria o livro. Talvez porque nesses últimos tempos tenha lido muita ficção sobrenatural. E mais, muita ficção com personagens fracos e sem personalidade. Como os livros dele fazem tanto sucesso, mesmo não sendo ficção sobrenatural, pensei que seguisse a mesma linha de protagonistas!

Mas não! Ao invés disso, o livro pode ser a história de qualquer um de nós. É uma história de amor, mas Noah e Allie tem sentimentos, dúvidas, lembranças e ambições. No tempo em que ficam separados, pensam um no outro, mas não deixam de viver suas vidas. O caminho foi diferente, mas a vida continuou.

Quando se reencontram, ficam perdidos em meio a tantos sentimentos e lembranças. Pensam no tempo que ficaram separados mas, ao mesmo tempo, sentem como se nunca tivessem estado longe. Porque o amor dentro de cada um permaneceu lá. E no fim, quando a vida prega aquela peça na gente, na velhice, lá estavam eles, juntos, graças ao amor.

Foi o primeiro livro que chorei de verdade. Porque uma história como a de Noah e Allie pode ser a nossa daqui alguns anos. E mais. Gostei mesmo, porque Noah e Allie são personagens de verdade.

Beijos!


*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine