A desconhecida de Peter Swanson

14 de junho de 2021



A desconhecida
Autor: Peter Swanson
Editora: Novo Conceito
Tradutor: Leonardo Gomes Castilhone
Edição: 2015
Páginas: 288 
Compre na Amazon | Submarino

LEIA TAMBÉM
A lista do nunca de Koethi Zan
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece.de mentiras. Em uma noite de sexta-feira, a rotina confortável e previsível de George Foss é quebrada quando, em um bar, uma bela mulher senta-se ao seu lado. A mesma mulher que desaparecera sem deixar vestígios vinte anos atrás. Agora, depois de tanto tempo, ela diz precisar de ajuda e George parece ser o único capaz de salvá-la. Será que ele a conhece o suficiente para poder ajudá-la?

2021 está voando e eu ainda tropeçando com as atualizações do Estante da Nine. O vlog de leitura sobre A desconhecida de Peter Swanson saiu no canal há algum tempo (já é inscrito?), e hoje é dia de escrever sobre essa experiência interessante no blog. O livro é mais um da categoria 'parado na estante há anos' e é peculiar revisitar lançamentos do passado.

A desconhecida é construído baseado na relação de George e Liana no tempo de faculdade. A história começa cerca de 20 anos depois, com o protagonista maduro e com um estilo de vida pacato, sempre relembrando o namoro com uma mulher misteriosa que simplesmente sumiu sem deixar pistas. Peter Swanson intercala presente e passado o que cria uma dinâmica de mistério e incerteza durante toda história.

Liana aparece em Boston duas décadas depois de deixar George com um pedido bizarro. É a partir desse favor que o enredo começa. O protagonista, ainda muito ligado ao amor que sentia (sente?) pela mulher resolve ajudar mesmo sabendo que nem tudo está sendo dito. E a história evolui em dois pontos: George tentando se livrar do problema ileso e sem machucar outras pessoas, ao mesmo tempo que tenta descobrir afinal quem é Liana e o que planeja.


Um ponto positivo e negativo do enredo é que ao mesmo tempo que a leitura flui rápido, com poucas descrições estendidas, também peca pela falta de explicação ou resoluções rápidas para momentos que exigem melhor contexto. A personalidade de George e Liana é desvendada ao longo do enredo, porém não tive aquele entrosamento com os personagens, minha curiosidade no livro foi o tempo todo descobrir até que ponto cada um iria para alcançar seus objetivos ou provar uma teoria

Peter Swanson gosta de Alfred Hitchcock - e eu também, e de fato o livro tem uma atmosfera que lembra alguns dos filmes do diretor que já assisti, inclusive por causa de A desconhecida escolhi minha leitura atual, Rebecca de Daphene Du Marier, história adaptada para o cinema por... Hitchcock. No livro a personalidade dos dois personagens é um misto de inteligência e insanidade, com Liana se destacando no início, mas com George tomando decisões muito questionáveis, e esse foi outro ponto que me lembrou os filmes de Hitchcock

No meio de ressaca literária, atividades acumuladas nos estudos e casa, trabalho irregular e uma rotina bagunçada, A desconhecida foi uma boa leitura, que rendeu momentos de tensão, alguns questionamentos sobre a vida e o estilo de viver de cada um, com a pitada de mistério que o livro do gênero sempre me fisgam. O enredo de Peter Swanson ganhou três estrelas no Skoob e recomendo para quem gosta de dramas psicológicos, narrativa mista de presente e passado e ambientes de clima invernal e sombrio. Uma adaptação também daria um bom trilher. Até a próxima dica!

Vlog de leitura de A desconhecida de Peter Swanson

Beijos
!

Fotos: Nine Stecanella
*Ajude o blog comprando através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá! Deixe sua opinião. ;)