Psicose de Robert Bloch

7 de setembro de 2017




Psicose
Autor: Robert Bloch
Editora: Darkside
Edição: 2013
Páginas: 240
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon | Submarino

LEIA TAMBÉM
Os 39 degraus de John Buchan
Livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora.

Conhecer Psicose através do filme de Alfred Hitchcock, anos antes de ler a história de Robert Bloch, no fim das contas não interferiu na boa leitura que foi esse enredo de suspense. Mary, uma secretária confiável, resolve mudar sua vida para sempre ao roubar muito dinheiro do seu chefe. Norman Bates, homem do interior, tímido e de poucas relações vive em torno do negócio que sua mãe começou: o Motel Bates. Agora quase esquecido, o local é cenário de algumas cenas bem tensas ao longo da narrativa e é justamente nele que a história dos dois personagens vai se cruzar.

Um dos pontos altos de Psicose é que Robert Bloch desenvolve a história de forma ágil, envolvente e a cada capítulo algo muda ou ganha novo significado. Eu fiquei envolvida no enredo do início ao fim e li tão rápido que nem acreditei, já que ultimamente eu tenho travado com frequência nos vários livros que escolho para ler. Mesmo conhecendo a história através do filme que assisti anos atrás, na época de faculdade (e que agora revi), a experiência com o livro não perdeu em nada o suspense e a tensão




Psicose trata de temas da mente e como outras histórias do gênero proporciona grandes momentos apenas com pequenas alterações de humor dos personagens. Apesar de Norman Bates ser o principal nesse aspecto, Mary também representa algumas cenas de psicose marcantes durante sua fuga. E o encontro deles, no Motel Bates, indica desde o começo que algo muito errado está prestes a acontecer.

Os cenários, tanto durante a viagem de Mary, como o Motel Bates, a casa de Norman e a cidade, são sinistros e complementam bem o enredo criado por Robert Bloch. O livro tem muito do tom debochado de algumas figuras caricatas do interior e um certo humor ácido e de desdém, já que os moradores acham improvável que um crime tenha acontecido ali. A própria época história, no início do século passado, dá um clima totalmente diferente ao suspense.

Outro ponto alto de Psicose, que em muitos livros me deixou contrariada, é a sensação de que nenhum personagem é confiável. A história começa com Mary e Norman como principais, mas a irmã da protagonista rouba a cena em certo ponto do enredo. O noivo, o investigador da empresa, o xerife da cidade, todos são manipuláveis e a sensação é de que os envolvidos duvidam de que possa ter acontecido alguma coisa “fora do normal” no Motel Bates. 




Sem dúvida a relação mãe e filho deve ser mencionada e como ela, muitas vezes, tem efeito negativo na vida das crianças. Muito do que somos sem dúvida diz respeito a nossa criação, ao que aprendemos e ao que julgamos certo e errado de acordo com nosso ponto de vista. Mas como seria viver restritamente e numa relação destrutiva, onde tudo e todos parecem estar contra mãe e filho??? Robert Bloch apresenta esse tema ao leitor e dá um final que sinceramente me deixou contrariada, mas que de jeito nenhum estragou essa experiência de leitura.

As mães são às vezes dominadoras, mas nem todas as crianças se deixam dominar. Nem todas as viúvas e nem todos os filhos únicos se emaranhavam nesse tipo de relação. A culpa era tanto dele quanto dela. Porque ele não tinha iniciativa.
página 19

Sem dúvida recomendo Psicose de Robert Bloch para leitores que gostam de suspense, drama e histórias com foco na mente e na personalidade dos personagens. Os capítulos são curtos, a narrativa é fácil e direta e a cada trecho algo perturbador acontece e mantém o leitor envolvido até o final. Sobre o final, como comentei antes, foi em parte o que eu esperava, em parte não, mas não chegou a ser decepcionante nem nada assim. Vocês já leram Psicose?

Vídeo de opinião publicado no canal do Estante da Nine


Beijos!

Fotos: Nine Stecanella
*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine