Romeu Imortal de Stacey Jay

17 de março de 2014




Romeu Imortal
Nunca é tarde para encontrar redenção através do verdadeiro amor
Autora: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Edição: 2012
Páginas: 320
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

LEIA TAMBÉM
Julieta Imortal de Stacey Jay
Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre.

Criar uma releitura contemporânea, jovem adulta de um dos maiores clássicos do mundo, Romeu e Julieta de Shakepeare, é uma missão ambiciosa. Embora eu entenda o que Stacey Jay tenha feito, depois de terminar Romeu Imortal, tive certeza de que a história, por si só, se sustentaria sem ser escrita como uma nova versão do trágico romance.

No primeiro livro da dualogia, Julieta Imortal, conhecemos os acontecimentos que originaram a grande traição de Romeu e os lados opostos do casal. Enquanto ela luta pelo amor em nome dos Embaixadores, ele busca o contrário, acabar com o sentimento em uma traição terrível, em nome dos Mercenários.

Neste segundo livro temos a participação de Julieta, embora não seja sifnificativa. Após o final do primeiro volume, Romeu tem uma chance de se redimir, mas isso também impacta a vida (ou morte) de seu antigo amor. A sinopse do Skoob dá uma boa ideia do ponto de partida da história, então vou pular o resumo e ir direto para minha opinião sobre a leitura.

Ariel. Se eu precisasse resumir o livro em uma palavra seria Ariel. Embora, teoricamente, Romeu seja o personagem principal, é Ariel (desculpe a repetição) quem rouba a cena. Ela é a chave para tudo que vimos e vamos ver nos dois volumes e é com os problemas dela que o enredo se sustenta. Para não fugir do clichê habitual, Romeu habita o corpo de um garoto lindo, mas que não vale um centavo. Além de lidar com sua redenção e a conquista de Ariel, ele precisa viver o personagem de seu hospedeiro, de uma nova forma, mas sem mudar completamente sua personalidade.


Gostei muito deste aspecto porque Romeu não é plano, sabe? Muitas coisas estão acontecendo ao mesmo tempo e o protagonista precisa ser esperto para lidar com todas elas. Enquanto isso, Ariel permite-se viver certas experiências que antes acreditava que não eram destinadas a ela. No quesito crescimento, o livro mostra uma evolução boa. Sem extrapolar o limite do aceitável, mas mostrando que os personagens têm sim amadurecimento. 

O bem e o mau continuam rondando Romeu e Ariel é muito interessante ver como Stacey Jay conseguiu transformar algumas cenas cotidianas em algo mais. Em termos de ação, Romeu Imortal tem muito mais adrenalina que Julieta Imortal e este foi um dos aspectos que mais gostei na leitura. A narrativa é feita em primeira pessoa (por Romeu, Ariel e Julieta) o que, normalmente, pode direcionar o leitor para um certo caminho, mas aliada com as cenas de ação torna a leitura rápida, leve e despretensiosa.

Apesar de ter gostado do livro, Romeu Imortal não tem nenhum grande diferencial. Todos os elementos de livros jovem adulto sobrenaturais ou paranormais estão na história. O destaque é realmente a releitura de Romeu e Julieta, o que na verdade pode afastar alguns leitores. Como já escrevi lá no início, a mitologia dos Embaixadores e Mercenários sustentaria a história por si. E particularmente preferia ter visto a construção dos dois livros por esse aspecto.

A cena final é bem interessante. De certa forma, ela reúne tudo que vimos em Julieta Imortal também. Por isso, vale o alerta de que não recomendo este livro se você não leu o primeiro volume, porque muitas lacunas irão ficar em branco, apesar da autora contextualizar, no início do livro, os acontecimentos da história anterior.

Eu gosto das capas. No geral, elas até dão uma ideia do livro. Mas torço muito para que, se a Novo Conceito fizer uma nova edição, aposte em imagens mais sombrias. E tenho certeza que vai chamar mais atenção na livraria. As cores vibrantes dão imediatamente a ideia de romance em primeiro plano, vocês não acham? Encontrei alguns errinhos de revisão, mas nada que comprometa a leitura.

E que tal um sorteio dos livros?! Quem quer?!





PRÊMIOS
  • Julieta Imortal
  • Romeu Imortal
  • Kit de marcadores diversos

REGRA
  • A única regra é ter endereço de entrega no Brasil onde haja um responsável (ou o próprio vencedor, claro) para receber o prêmio. A primeira participação é livre e as demais, como seguir o blog nas redes sociais, são chances extras.

ATENÇÃO
  • Os dois livros serão para um vencedor;
  • O sorteio é válido de 17 de março a 7 de abril;
  • O resultado será divulgado neste post no dia 9 de abril;
  • Nas opções extras, é preciso deixar as informações adicionais solicitadas;
  • O vencedor terá três dias para responder o e-mail de contato, caso contrário, o sorteio será refeito;
  • O envio do prêmio será feito pelo Estante da Nine até 30 dias após a divulgação do resultado.

Preencha o formulário e boa sorte!

Beijos!
*Livro recebido da editora Novo Conceito
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine