O Rei e o Camaleão de C.N. David

23 de dezembro de 2010





O Rei e o Camaleão
Autor: C.N. David
Editora: Ideias a Granel
Edição: 2006
Páginas: 120
| Skoob |

O livro compõe-se de duas histórias destinadas ao público jovem e adulto. "O Monge Rei" passa-se em um reino fictício no que se poderia comparar a Idade Média, época de reis, castelos e lutas de espada. Já "O Camaleão" é uma ficção espacial que conta a história de um agente secreto que tem a peculiar característica de seu um transmorfo. Ambas nos remetem àqueles sábados em que a geração que passou sua infância nos anos oitenta assistia a seriados enlatados e colecionava revistas em quadrinhos.

Definitivamente estou numa fase de ótimos livros.

Fiquei super feliz quando entrei em contato com o Christian e ele topou ser parceiro do blog. Alguns dias depois já estava com o Rei e o Camaleão aqui em casa e li ele em um dia [com intervalos regulares entre trabalho, namorado, comer, dormir e tomar banho]. Então, vamos falar dessas duas histórias que me fizeram ter mil idéias.

O Rei Monge
Eu adorei a temática da história: reino, traição, a rainha viúva e o novo soberano opressor. Pra mim, o que ficou como mensagem principal desse livro [ou no caso, a primeira história] é que não importa onde, nem quando, nem que situação, o nosso passado, de alguma forma, exerce influência sobre nós. Seja positivamente com lembranças felizes, seja negativamente, trazendo novamente momentos difíceis ou trágicos. Nossa mente não é um disco rígido que pode ser formatado, excluindo coisas que não queremos mais. E sobre as ideias, imagino tanto essa história adaptada para algum meio visual, e por ser curta, poderia ser fiel ao livro. Espero que em breve as emissoras nacionais valorizem essas obras. A fidelidade e a amizade é outro ponto alto do livro. Além, é claro, do amor entre Litara e Petrus. Pronto! Pra saber mais, só lendo!

O Camaleão
Nunca tinha lido nenhum livro que falasse sobre um transmorfo. Mas a segunda história, O camaleão, foi uma metáfora perfeita para a mensagem do livro. No caso, fala de vários transmorfos, mas o principal deles, Knox, conta e passa por muitas situações que certamente fazem qualquer um que, se algum dia pensou que ser um transformo seria algo de bom, mude de ideia. Assim como todas as condições impostas pela vida, tem suas vantagens e benefício, mas de forma errada ou exagerada, traz muitas consequências.

Não tinha dúvidas que seria um grande livro, principalmente porque ganhou um prêmio de incentivo da Prefeitura de Porto Alegre. Deixo meus parabéns ao Christian aqui, por esse livro, que acima de tudo traz uma reflexão sem ser careta ou extremista, mas com histórias que podiam muito bem ser reais!

Beijos!