Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra

30 de junho de 2019



Uma constelação de fenômenos vitais
Autor: Anthony Marra
Tradutor: Fabiana de Carvalho
Editora: Intrínseca
Edição: 2014
Páginas: 336
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
Selvagens de Don Winslow
Ao ver sua casa pegando fogo, após seu pai ser levado por soldados russos, Havaa, de 8 anos, se esconde na floresta e observa as chamas até que um vizinho a encontra sentada na neve. Akhmed sabe que se envolver significa arriscar a própria vida e que não há lugar seguro para abrigar uma criança na vila, onde informantes fazem qualquer coisa por um pedaço de pão. Mesmo assim, ele a conduz até o único lugar em que acredita que a menina poderia estar a salvo: um hospital abandonado que já teve quinhentos funcionários e onde a única médica restante, Sonja, está no degrau mais baixo de sua carreira, amputando membros dilacerados em pacientes atingidos por minas terrestres.

A ideia era comentar sobre vários dos livros da pauta em vídeo, mas com a rebelião dos equipamentos eletrônicos tudo atrasou e leituras favoritas ficaram sem recomendação no Estante da Nine. Por isso hoje o papo é sobre Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra, livro concluído em abril, outro favorito do ano, e que ganha registro no blog porque eu quero, e muito, que mais e mais leitores conheçam essa história.

Lugar e contexto: Chechênia dos anos 1990 (é décadas anteriores).

Personagens: Havaa (criança), Akhmed e Sonja.

Contexto: Havaa vê o pai ser levado pelas autoridades e a casa incendiada, esconde-se na floresta para se salvar. Akhnmed se formou em medicina, é um péssimo médico e ama pintar, cuida da esposa doente e tenta compensar erros do passado salvando Havaa. Sonja busca pela irmã desaparecida e se apega a cada pequena informação para localizar e salvar a única pessoa que tem na vida.





Por que é um favorito?
  • A narrativa principal acontece em poucos dias e o autor consegue dar um contexto de décadas da Chechênia através das lembranças dos personagens e referências históricas em situações cotidianas, como um prédio que foi bombardeado ou um bairro invadido pelos russos;
  • Sonja e Akhmed, apesar de dividirem o respeito pelo país que vivem, na verdade são personagens de universos e contextos diferentes, coexistindo por um propósito em comum. Havaa, uma criança que não é responsabilidade de nenhum, os une em um propósito, que ao mesmo tempo tem toda relação com o futuro da Chechênia;
  • O conflito entre a cultura russa e muçulmana também é presente na história, no início de forma sutil, e a medida que o leitor conhece os personagens percebe que alguns conceitos, diferentes para cada um, são enraizados e difíceis de ser superados, como antepassados, criação e a presença de uma religião ou não. Mais uma vez Anthony Marra demostra como é possível pessoas de vidas tão diferentes lutarem por um propósito.
  • Opressão social, cultura e política são temas fundamentais do enredo e também um dos motivos pela qual Uma constelação de fenômenos vitais ganhou um lugar especial entre os favoritos do ano. Eu sabia pouco sobre a Chechênia e pesquisar sobre o país foi um bônus da leitura.
O único porém... é a pouca participação de Havaa no enredo, especialmente da metade para o final. Eu tenho muitos poréns com personagens infantis em livros e Uma constelação de fenômenos vitais foi um dos poucos casos que eu desejei ver Havaa em conversas espirituosas. Ao mesmo tempo é compreensível que a menina tenho um perfil silencioso porque presenciou um ataque a sua casa.

Uma constelação de fenômenos vitais de Anthony Marra foi uma ótima surpresa da minha estante e quando olhei para o livro na loja eu já sabia que a história seria interessante. Minha nota para o livro foi de quatro estrelas no Skoob e favorito, e recomendo para os leitores que gostam de cenários diferentes e enredos com contexto histórico.

Beijos!

Fotos: Nine Stecanella
*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá! Deixe sua opinião. ;)