Leituras de fevereiro (2018) - Fanny Hill, As colinas da ira, hq e mais!

28 de março de 2018

Fevereiro foi bom e o saldo geral das leituras é positivo. Publiquei o vídeo do resumo no canal há alguns dias (já é inscrito?) e hoje vou comentar sobre o que rolou mês passado blog. O primeiro livro concluído, Fanny Hill de John Cleland, não foi o clássico surpreendente que eu esperava, a história é interessante, retrata algumas tristes realidades da época envolvendo mulheres, mas ainda assim, na minha opinião, representa um grupo pequeno de cortesãs do período. O vídeo e o texto estão na pauta, falta tempo e organização, mas logo tem opinião no Estante da Nine.

Mundo perdido de Valerie Nieman Colander foi a história de ficção científica do mês e eu adorei. Aliás, as minhas compras no sebo têm se revelado boas surpresas. Nessa história armas químicas foram lançadas nas grandes cidades e os sobreviventes e mutados procuraram abrigo em áreas remotas e rurais. O estilo de vida é antigo, algo como no início do século passado, mas com várias referências a tecnologia e a política instaurada em diversas áreas do país. A dica de leitura está no blog e vale a chance.



Poemas de Álvaro de Campos de Fernando Pessoa foi a poesia do mês e depois de algum tempo com esse ebook em andamento eu conclui. Não vou escrever muito porque logo quero publicar uma recomendação especial, mas as questões sobre juventude e escolhas conversaram muito comigo, adorei. Flannery de Robert Campbell é uma história que começa com uma proposta policial e investigativa, mas se torna um drama sobre política muito interessante. Em épocas de ânimos acirrados, foi uma leitura ótima para reforçar algumas opiniões, ou como não se manifestar sobre elas. A experiência de leitura já saiu aqui no Estante da Nine.

As colinas da ira de Leon Uris, escolha do mês da coleção Grandes Sucessos, foi uma aventura muito mais interessante do eu poderia imaginar. Uma trama regada a conspiração, num cenário incomum como a Grécia e com as potências Inglaterra e Alemanha atrás do protagonista, que segue em fuga insana por todo livro. Fevereiro encerrou com o volume 41 da série em quadrinhos Aventuras de uma criminóloga de Giancarlo Berardi. Nessa história um taxista comente crimes com um propósito nada honroso, mas que em sua cabeça parece coerente. Júlia reúne as pistas para encontrar o responsável antes que outras pessoas sofram as consequências. Foi um primeiro contato excelente e espero encontrar outros volumes da série. E vocês, o que leram em fevereiro?

Assista ao vídeo com as leituras de fevereiro

LIVROS
Fanny Hill de John Cleland (compre na Amazon)
Mundo perdido de Valerie Nieman Colander (opinião | compre no Estante Virtual)
Poemas de Álvaro de Campos de Fernando Pessoa (baixe de graça na Amazon)
Flannery de Robert Campbell (opinião | compre no Estante Virtual)
As colinas da ira de Leon Uris (compre na Amazon)
O taxista de Giancarlo Berardi (compre no Estante Virtual)

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelos links indicados no post ou através dos banners da Amazon e Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine