O segredo do meu marido de Liane Moriarty

13 de outubro de 2021


O segredo do meu marido
Autora: Liane Moriarty
Tradutora: Rachel Agavino
Editora: Intrínseca
Edição: 2014
Páginas: 368
Skoob | Goodreads
Compre na Amazon

LEIA TAMBÉM
A desconhecida de Peter Swanson

Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta para ser aberta apenas depois que ele morresse. Imagine também que essa carta revela o pior e o mais profundo segredo dele - algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você esbarra nessa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo... Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar de sua pequena comunidade, uma esposa e mãe devotada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia - ou uma à outra -, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela.

O segredo do meu marido foi uma leitura meio a meio: eu adorei a construção do enredo e a narrativa de Liane Moriarty, até mesmo os temas abordados no livro, mas não gostei dos personagens, esse foi meu grande porém com a história. A missão deste texto, além de complementar o vídeo publicado no canal há algum tempo (já é inscrito?), é compilar todas as minhas ideias e chegar a conclusão de se é ou não uma leitura recomendada. 

Cecilia é a personagem principal, aquela que conduz a trama, e tudo começa quando encontra no sótão uma carta escrita pelo marido para ser aberta após sua morte. O problema é que John Paul nunca comentou nada sobre o conteúdo da correspondência e depois do comentário de Cecilia sobre a carta na ligação diária, John Paul volta antes do previsto da viagem de trabalho e o drama da família realmente começa.

Outras duas tramas paralelas correm com a de Cecilia: Tess, que se depara com a inusitada notícia de que o marido e a prima estão apaixonados e querem viver esse amor; e Rachel - que perdeu a filha há quase três décadas e nunca teve as respostas sobre o homicídio de Jane, fato que a impediu de muitas formas a dar uma conclusão a morte da filha.

Gostei da narrativa de Liane Moriarty já nos primeiros capítulos porque não é linear, intercala a vida de cada uma das famílias de maneira que vão se conectando ou formando inter-relações, além de apresentar temas atuais como segredos em relacionamentos, traição, vingança, esteriótipos, padrões sociais, formação familiar e estilo de vida. Com cenário na Austrália o livro também tem suas particularidades culturais.


O tema principal do livro é pautado principalmente pela descoberta de uma nova realidade. Uma muito diferente da vivida e imaginada até então, e completamente distante da idealizada, o que dá um realismo assustador para o livro. Todos os personagens precisam lidar durante a progressão do enredo com a quebra de paradigma, confrontar que a vida levada até então foi construída em cima de uma ilusão. Ou de uma mentira.

O segredo do marido não é o clímax do livro já que é relavado entre o 1/3 e a metade inicial. O grande ponto de virada do enredo é a descoberta do conteúdo da carta e como principalmente Cecilia vai lidar com a situação a partir de então. É através da personagens que o enredo conecta cada vez mais Rachel, e Tess, apesar da linha mais distante de ligação.

O ambiente também é um ponto alto do enredo, já que a escola, o bairro, a vizinha e os costumes são parte daquilo do que dita o estilo de vida dos personagens e as ideias de sucesso ou não. Os filhos funcionam como elementos chaves do enredo, principalmente com a ideia de sacrifício dos pais, ou até que ponto os pais são capazes de ir pelos filhos.


O meu grande porém com o enredo foi a atitude dos personagens. Nas páginas iniciais quando a verdade atinge Cecilia e Tess, o livro parece caminhar por um caminho, onde essas mulheres são fortes pra encarar um recomeço, mas no final as coisas são muito diferentes. Não é exatamente certo ou errado, mas a escolha e sacrifício que cada um está disposto a ter por quem ama.

O segredo do meu marido fica no limiar entre um livro e enredo sobre sacrifício e amor e conformismo e aceitação. No início minha expectativa foi uma, já pela metade da leitura vi que as coisas não eram bem assim, e no final eu realmente não gostei da conclusão, das escolhas de Liane Moriarty para os personagens. 

O epílogo conclui essa ideia do inesperado, mas não tanto assim. Apesar desse grande contra, minha nota para o livro é de três estrelas no Skoob e recomendo para que gosta de dramas e enredos familiares, com um toque de suspense. Minha ressalva é para o final, e no geral a leitura me envolveu do início ao fim. Já leu Liane Moriarty?

Vídeo de O segredo do meu marido para o projeto Leitura todo dia

Beijo!

Foto e montagem: Nine Stecanella
*Ajude o blog comprando através dos links e banners da Amazon e Submarino;
as vendas geram comissão ao Estante da Nine

2 comentários

  1. Quero ler esse. Vou me lembrar de manter as expectativas baixas.

    https://cafeebonslivros.com/

    ResponderExcluir

Olá! Deixe sua opinião. ;)