O graal de ferro de Robert Holdstock

12 de março de 2012



O graal de ferro 
O segundo livro de Merlin
Autor: Robert Holdstock
Editora: Prumo
Edição: 2010
Páginas: 456
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

SUGESTÃO DE LEITURA
Merlin Codex
O imortal Merlin vaga pelos caminhos do mundo, evitando os assuntos humanos e cuidando de sua magia, o encantamento que se funde aos seus ossos e o mantém jovem. São poucos os homens que ele chama de amigos, e menos ainda os que conseguem contar com ele. Mas, às vezes, o destino dá uma ajuda. Sete séculos se passaram desde que Merlin viajou ao lado de Jasão e seus argonautas em busca do Velo de Ouro, mas Jasão agora precisa de Merlin para que ele o ajude a encontrar Kinos, seu filho mais novo, escondido no Outro Mundo. O mago se dirige para Alba, a Ilha das Brumas, e é atacado por inimigos mortos e sobrenaturais, contra os quais nem sua inteligência e nem suas habilidades são suficientes. Para salvar todos de um destino ainda pior que a morte, precisa conjurar a magia que traz em seu corpo, não importando o que isso custe a ele.

Em Celtika Robert Holdstock apresenta a primeira aventura de Merlin e introduz parte da trama de toda a trilogia. Já em O graal de ferro, o foco principal do enrendo é a magia. Antes de enfrentar o grande dilema deste segundo livro, Merlin precisa ajudar um jovem líder que toma posse enquanto seu pai viaja em terras distantes. 

Presente em alguns livros de fantasia, como neste caso, esses personagens jovens são sempre um teste para o leitor. De linhagem nobre, o garoto acredita que já detém todo conhecimento necessário para restabelecer a fortaleza e comandar seu povo. Por outro lado, Merlin segue como a figura do mágico sábio dando pequenos alertas para conter a euforia do garoto. Ao mesmo tempo, a irmã mais nova começa despertar sua magia de uma maneira muito peculiar. 

Como no primeiro volume, o livro é composto de várias tramas que se conectam em algum ponto. A narrativa é feita por Merlin, e por vezes, percebemos a influência que outros personagens têm sobre ele. O texto é bastante descritivo o que, em vários momentos do livro, requer atenção redobrada do leitor.  A quantidade de personagens relevantes também trava a leitura, mas a medida que o enredo se desenvolve, o fluxo volta ao normal. 



Muitas perguntas lançadas no primeiro livro, Celtika, tem suas respostas em O graal de ferro. Do meu ponto de vista, Robert Holdstock soube dosar perfeitamente os elementos do enredo, levando em conta que partiu de uma história clássica da mitologia grega, de maneira que houvesse assunto pertinente para o terceiro volume. O final deste livro é realmente curioso. 

Se Merlin sempre foi muito cuidadoso em usar sua magia, neste livro ele terá de fazer uma escolha que implica, diretamente, na sua vida. Novos personagens fantásticos surgem, provocados especialmente pela ilusão. A grande mensagem do livro faz referência ao que os personagens acreditam e o que é real. A maneira como os desejos influenciam as escolhas. 

Infelizmente, faz um tempo que li O graal de ferro. Tenho certeza que poderia falar muito mais sobre ele se postasse esta resenha na época próxima ao fim da leitura. A trilogia é leitura obrigatória para os fãs de fantasia. No entanto, os livros tem o preço mais elevado, na faixa de R$40 e não tiveram muita publicidade. No Skoob, a avaliação é positiva mas poucos usuários leram. O trabalho da editora Prumo é excelente em projeto gráfico, tradução e revisão. 

Beijos!

*Livro recebido da editora Prumo
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine