Querido John (Dear John) - dirigido por Lasse Hallström

10 de junho de 2011





Querido John
Dear John
Estúdio: Sony
Ano: 2010 
Duração: 108 minutos 
Compre blu-ray no Submarino
John Tyree (Channing Tatum) é um jovem soldado que está em casa, licenciado. Um dia ele conhece Savannah Curtis (Amanda Seyfried), uma universitária idealista em férias por quem se apaixona. Eles iniciam um relacionamento, só que logo John precisará retornar ao trabalho. Dentro de um ano ele terminará o serviço militar, quando poderão enfim ficar juntos. Neste período eles trocam diversas cartas, onde cada um conta o que lhe acontece a cada dia.
Olá guris e gurias!
Como prometido (mesmo com a demora), o post de hoje é uma espécie de resenha do filme Querido John [Dear John, no título original]. Pensei em fazer em vídeo, e até cheguei a gravar, mas como as prioridades em vídeo são outras, o post vai ser escrito mesmo. Espero a opinião de vocês, então comentem bastante.

Esse filme foi uma completa decepção pra mim. Como disse na resenha do livro, ele combinou com meu gosto, e também para o estilo que propõe. Achei uma história tão real, onde os personagens fazem escolhas como nós faríamos se estivéssemos no lugar deles, mas já o filme...

Sempre que um filme é baseado ou adaptado de um livro, ele precisa manter a estrutura do enredo. A coerência nesse sentido. Começando pelos personagens principais. Savannah é morena no livro, Amanda Seyfried deve ser uma das criaturas mais brancas do planeta. John é tatuado, uma característica bem marcante da personalidade dele. No filme, Channing Tatun não tem um risquinho sequer no corpo. Nem mesmo uma cicatriz.

SPOILER
Tim ser pai de Alan foi a coisa mais absurda que o filme poderia propor. Quando ouvi esse diálogo, logo no início, minha vontade foi de desligar o dvd e jogar o filme na parede. Respirei fundo e segui adiante. Achei tão sem sentido que todo desenrolar do filme foi ficando cada vez mais patético.

E foi isso. Achei um filme, além de patético, totalmente medíocre se comparado com o livro, que é muito melhor, sem sombra de dúvida. Tentando imaginar a adaptação, sob o ponto de vista de quem ainda não leu o livro, portanto não tem a expectativa lá nas nuvens, o máximo que posso dizer: é mais um filme, entre tantos outros romances com uma dose forte de drama, e só. Não tem nenhum diferencial a mais.

ASSISTA AO TRAILER DO FILME

Mais informações no site Adoro Cinema!
Beijos!

*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine