O Hobbit de J.R.R. Tolkien

4 de novembro de 2010





Bilbo Bolseiro é um hobbit que leva uma vida confortável e sem ambições, raramente aventurando-se para além de sua despensa ou sua adega. Mas seu comportamento é perturbado quando Gandalf, o mago, e uma companhia de anões batem à sua porta e levam-no para uma expedição. Eles têm um plano para roubar o tesouro guardado por Smaug, o Magnífico, um grande e perigoso dragão. Bilbo reluta muito em participar da aventura mas acaba surpreendendo até a si mesmo com sua esperteza e sua habilidade como ladrão.

Provavelmente essa seja a "resenha" mais difícil de escrever até aqui. Estou falando de TOLKIEN. Não é de se espantar que faz uma semana que tento, e só agora resolvi escrever.

Você com certeza já ouviu falar de Tolkien, certo? Bom, nada do que eu escrever aqui vai chegar a grandeza de sua obra, de forma que não vai ser assim, uma resenha, vai ser mais como comentários do que eu achei desse livro, O Hobbit, que depois de muita luta judicial deve enfim começar a ser filmado, com previsão se lançamento para 2012.

Bilbo Bolseiro é nosso adorável hobbit que vive feliz na sua confortável toca até que Gandalf, o mago mais que misterioso, bate na sua porta com um bando de anões. Querem levar Bilbo a uma aventura em busca de um tesouro, guardado por Smaug, um dragão tão ambicioso que todo o ouro, prata e pedras preciosas que ele guarda com tanto zelo não lhe servem de nada, a não ser é claro, sua armadura composta de tudo isso. Sim, Smaug ficou tanto tempo sobre o tesouro que ouro, prata e pedras preciosas se juntaram ao seu corpo (diríamos assim, sua barriga) e o protegem como uma armadura, exceto, uma pequena parte no lado esquerdo, ou seja, o coração do dragão.

Bom, existe um motivo pra eu ter gostado tanto desse livro. Um não, vários. Primeiro a forma como Tolkien escreve. Ele conversa com o leitor. Segundo porque Bilbo é um reflexo do que todos nós somos. Vou explicar. Ele não queria sair de sua toca. Ele estava perfeitamente bem e não tinha interesse nenhum em aventuras. Mas Gandalf e os anões não lhe deram outra opção, então ele foi. Contra sua vontade.

Bilbo não imaginava o que a aventura seria, mesmo! Mas ele foi. E como hobbit, era considerado e mais fraco de todos. Os anões não entendiam porque raios Gandalf fazia tanta questão de que Bilbo Bolseiro fosse. O hobbit era atrapalhado, resmungão, e só falava na sua toca tão confortável e protegida e suas despensas lotadas, mas...

Como eu disse ali em cima, Galdalf era um mago muito misterioso, e como o objetivo não é contar detalhes do livro, mas só dar uma ideia, Galdalf se foi e deixou Bilbo no comando dos anões. E nessa altura do livro os anões já tinham uma outra visão do hobbit. O que quero dizer com tudo isso é o seguinte: Bilbo era hostilizado e desacreditado, só que ao longo da viagem não deixou se intimidar por isso, e foi aprendendo uma coisa aqui, outra ali, e no fim das contas, se tornou aquilo que era sua finalidade, um ladrão.

Como essa é uma "resenha" atípica, vou escrever dois trechos. E você que ainda não leu, LEIA!

Ladrões! Fogo! Assassínio! Uma coisa assim não acontecia desde que viera para a Montanha! Sua fúria ultrapassava qualquer descrição - o tipo de fúria que só se vê quando pessoas ricas, que têm mais do que podem apreciar, de repente, perdem algo que possuem há muito tempo, mas que nunca usaram ou quiseram. Arrotou fogo, o salão encheu-se de fumaça, ele sacudiu as raízes da montanha. Em vão forçou a cabeça contra a pequena abertura; depois, enrolando o corpo, saiu de seu covil profundo pela grande porta, pelos enormes corredores do palácio da montanha, subindo na direção do Portão Dianteiro.
- Não - disse Thorin - Há mais coisas boas em você do que você sabe, filho do Gentil Oeste. Alguma coragem e alguma sabedoria, misturadas na medida certa. Se mais de nós dessem mais valor a comida, bebida e música do que a tesouros, o mundo seria mais alegre. Mas, triste ou alegre, agora devo partir. Adeus!

Deu pra perceber que as críticas feitas por Tolkien ainda são bem válidas?!

E pra finalizar, prestem muito atenção no capítulo Adivinhas no escuro. Pra mim, o melhor. Tem nosso hobbit Bilbo Bolseiro, o Gollum, as adivinhas e um anel muito preciso!

Beijos!