Lola e o garoto da casa ao lado de Stephanie Perkins

18 de novembro de 2015




Lola e o garoto da casa ao lado
A fórmula perfeita para a paixão e o humor
Autora: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Edição: 2012
Páginas: 288
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

Oi gente, tudo bem? Estou num impasse sobre como começar este post. Diferente da maioria de vocês, eu não gostei tanto assim de Lola e o garoto da casa ao lado. E não vou culpar a expectativa, porque neste caso não foi. Pensando bem, a história não me convenceu totalmente. E até achei pretensiosa em comparação com Anna e o beijo francês. Enfim, vou tentar explicar os motivos. Vamos lá.

Lola é uma adolescente autêntica que se expressa através de roupas, é filha de pais gays e tem uma relação conturbada com a mãe biológica. A protagonista namora o roqueiro Max, um cara mais velho que toca em uma banda, e quando Cricket, o garoto da casa ao lado volta a vizinhança, Lola vê sua vida sair de sintonia. A partir de então o enredo começa a se desenrolar.

Meu primeiro e principal problema com o livro foi o namoro entre Lola e Max, que desde o começo me pareceu sem sentido. A autora se esforça para mostrar ao leitor que a personagem é determinada e autêntica, mas Lola encara o namoro de maneira tão errada que simplesmente não simpatizei com ela. Os conflitos familiares entre Lola e Cricket seriam suficientes para construir os impasses do romance. 

Fotos: Nine Stecanella



Passada a primeira impressão, o livro me decepcionou em outro ponto: Stephanie Perkins cria um mistério sobre a relação de Lola e Cricket antes da mudança da família Bell e quando a cena é enfim revelada eu sinceramente não achei nada demais, apenas uma situação cotidiana (da vida). Não entendi porque Lola ficou tão arrasada ou porque a autora construiu o mistério em cima deste trecho.

Apesar de avançar na leitura com muitos receios, adorei Cricket e fiquei feliz pelo carisma que o personagem me despertou, já que não rolou química com a Lola. Também gostei dos temas secundários do livro e torci para que alguns deles tivessem mais destaque. Como escrevi acima, o namoro entre Max e Lola não me convenceu e quando a situação foi esclarecida o livro ganhou alguns pontos na escala de simpatia.

Mesmo discordando de alguns aspectos centrais de Lola e o garoto da casa ao lado, Stephanie Perkins tem uma narrativa gostosa de ler, que flui com facilidade sem cometer excessos ou passar a impressão de livro raso. Gosto de como a autora aborda os temas de forma sutil, porém presente, e faz com que pensemos sobre eles.




Entre altos e baixos, minha nota para o livro foi de três estrelas no Skoob. Apesar de não ter gostado tanto quanto Anna e o beijo francês, que inclusive os protagonistas participam bastante do livro, Lola e o garoto da casa ao lado é interessante não só pelos temas que aborda, mas justamente por causar no leitor várias sensações diferentes. Pelo menos foi isso que aconteceu comigo. E apesar de não ter simpatizado com Lola no início, a personagem me ganhou depois.

Por hoje é isso gente. Gostaram do texto? Minha ideia inicial era gravar uma resenha, mas como não foi um livro favorito, resolvi sentar para escrever minhas impressões sobre Lola e o garoto da casa ao lado. E é claro que eu quero saber de quem já leu o que achou e de quem não leu se tem vontade de ler. Já falei que ando numa fase de altos e baixos com livros jovem adultos (YAs), né?

Beijos!

*Livro recebido da editora Novo Conceito
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino;
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine