O diário de Suzana para Nicolas de James Patterson

28 de março de 2012



O diário de Suzana para Nicolas
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Edição: 2011
Páginas: 224
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou. 

O Diário de Suzana para Nicolas é um romance incomparável, até agora, em minhas leituras. Nada se aproxima da narrativa de James Patterson (ou algum ghost-writer). O romance é belo e ao mesmo tempo, maduro. Essa é uma relação de um homem, duas mulheres e uma criança e embora haja uma carga dramática no livro, o ponto chave na vida de cada um dos personagens é descobrir que a vida pode surpreender.

O livro é curto e o foco é a separação de Katie e Matt e, consequentemente, o diário. Conhecemos os sentimentos atuais dos personagens e pouco de suas características, de sua personalidade. Diferente do que possa parecer, isso não prejudicou o enredo, já que o leitor se envolve pela história do diário através das leituras de Katie.

Não choro, nem mesmo em livros românticos/tristes, mas o amor que exala das páginas de O Diário de Suzana para Nicolas é envolvente. E é bom lembrar que não é apenas o amor de homem-mulher. Outro ponto interessante que James Patterson aborda no livro é como as aparências podem enganar.

Os capítulos são curtos e o livro é divido em "momentos", relacionados a um ou outro personagem. Não encontrei grandes problemas de tradução ou revisão.  A imagem de capa é simples mas totalmente relacionada à história. A diagramação é simples, com um bom espaçamento e folhas amarelas. 

Indico o livro para os apaixonados por romances e histórias de amor. Um filme foi produzido para televisão, nos Estados Unidos, mas não encontrei para baixar com legenda.

Beijos!

*Livro recebido da editora Arqueiro
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine