Horizontes - revelações de Roberto Laaf

18 de fevereiro de 2011





Horizontes: Revelações 
Autor: Roberto Laaf
Editora: Alcantis 
Edição: 2010
Páginas: 163
| Skoob |

Ana Clara possui um raro dom de premonição que lhe permite saber quando uma pessoa tem a vida ameaçada, bastando o mínimo de contato físico com ela para que terríveis visões de assassinato fervilhem em sua mente. Depois de adormecido por vários anos, o dom de Ana Clara ressurge de forma inesperada, trazendo-lhe visões apavorantes com sua melhor amiga sendo brutalmente assassinada. Sua angústia é saber que, em todas as vezes que seu dom se manifestou, as pessoas em suas visões morreram. E, agora, ela deseja desesperadamente evitar o assassinato de sua amiga.

Então, há um tempão eu que queria esse livro. A primeira vez que vi ele foi em uma publicidade no Skoob. E, por acaso, ganhei em uma promoção no Twitter.

O livro tem um enredo ótimo. Vingança, traição e ambição. As personagens principais são Clarrise e Ana Clara, que tem o dom da clarividência. Confesso que no início achei o livro um pouco confuso, mas com o passar das páginas tudo fica mais claro. 

A vingança, quem busca é Zaconi, um assassino de aluguel que foi pego no último trabalho e passou 10 anos na cadeia. Sua primeira atitude é se vingar da pessoa que o denunciou. Só que Zaconi comete um engano, que ele não descobre no final, mas segue com sua missão.

Existem personagens secundários, que são importantes na parte final do livro. E tudo isso se passa no Rio de Janeiro. O contexto do livro, eu achei, bastante elitizado, e os personagens humildes, um tanto clichês. 

E sobre o fim, lógico que não vou falar, mas eu não gostei. E foi, literalmente, na última página. Eu entendi a mensagem do livro e o propósito não era um final feliz, mas achei injusto. Principalmente porque aquilo acontece muito na vida real. Mas enfim, foi uma boa e rápida leitura. 

Beijos!