Tentada de P.C. Cast e Kristin Cast

21 de janeiro de 2011





Tentada
Autoras: P.C. Cast e Kristin Cast
Editora: Novo Século
Edição: 2010
Páginas: 384
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino

Depois de tanta agitação, Zoey bem que merecia um descanso. Mas não há tréguas na Morada da Noite. Lidar com três caras ao mesmo tempo, novamente, não é um alívio para o estresse, especialmente quando um deles é um guerreiro tão sexy e tão dedicado em protegê-la, que é capaz de sentir suas próprias emoções. Aphrodite tem novas visões que alertam Zoey para ficar longe de Kalona e de seu obscuro fascínio, mas mostram também que ela será a única com poderes capazes de interromper um mal imortal. Logo se torna óbvio que Zoey não tem escolha: se ela não for ao encontro de Kalona, ele se vingará, e justamente nas pessoas que ela ama. Mas ela terá coragem para fazer o que deve ser feito, a ponto de sacrificar sua vida, seu coração e sua alma?


Como todo mundo que passa por aqui sabe, House of Night sempre me faz cair em controvérsia. Depois de achar Caçada de morno, pra chato, me enrolei muito para ler Tentada, até que comecei a ler sem parar resenhas de Queimada e minha curiosidade começou a me matar!

Sem dúvida, Tentada é o melhor livro, até agora, da série. Uma mistura de mistério e suspense principalmente porque Kalona sempre está por perto, mesmo que em pensamentos e sonhos. Mas o grande ponto positivo do livro são as várias visões. Embora Zoey seja ainda o centro das atenções, a trama que mais me interessou foi de Stevie Rae e Rephaim. E a visão dos outros personagens também ajudou muito o livro. Estava realmente cansativo o monólogo da Zoey e o blábláblá em relação a todos os garotos [que continuam lá].

E o final, sem dúvida, vai ficar entre o melhor de todos os livros que já li até agora (da série), porque elas simplesmente fizeram algo que eu NUNCA esperava acontecer. E é por isso que Queimada, o sétimo livro, é bem falado. Ele dá sequência a esse final e traz também, como em Tentada, a visão dos outros personagens. 

Portanto, esperem em breve, resenha de Queimada aqui no blog. Voltei a me emocionar com House of Night. E é sempre bom lembrar a considerável melhora a cada livro. Nem parece as mesmas escritoras...

Beijos!


*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine