Garota da Vitrine [Shopgirl] - direção de Anand Tucker

11 de novembro de 2010


Olá pessoal!
Para entender um pouco desse post seria bom ler o logo abaixo sobre A balconista! O filme Garota da Vitrine [Shopgirl, em inglês] é baseado no livro de Steve Martin. Gostei muito mais do livro, mas vou tentar falar um pouco sobre o que eu achei desse filme.

Mirabelle (Claire Danes) é uma jovem que trabalha na seção de luvas da Saks Fith Avenue, em Beverly Hills. Ela é uma artista que luta para se manter, vivendo sempre no limite do cartão de crédito e empréstimos bancários. Até que encontra Ray Porter (Steve Martin), um homem bem mais velho por quem se apaixona. A partir de então sua vida muda drasticamente, com os problemas financeiros ficando no passado. Porém, quando sua vida parecia ter entrado nos eixos, ela passa a ser assediada por Jeremy (Jason Schwartzmann), um músico recém-formado.

Falando em partes - gostei muito do cenário. Foi bem fiel ao livro. O trabalho de Mirabelle, sua casa, a casa de Ray e Jeremy. Visualmente os personagens também se aproximaram muito daquilo que eu imaginei. Embora, o livro deixe claro que Mirabelle é sofisticada, achei ela mais para simples/ cafona no filme. Mas tudo isso fica de lado com a atuação de Claire Danes, que é ótima atriz. 

Falando diretamente da personagem principal, achei que os momentos dramáticos ficaram bem claros, mas o livro é muito mais engraçado. Isso não apareceu no filme. Assim, a adaptação ficou mais pesada, com o ritmo mais lento. Diria, bem chato, perto do livro, que acabei em um dia.

Não se tem muito o que falar de Ray Porter. Steve Martin incorporou fielmente o personagem que ele mesmo escreveu. Há algumas diferenças sim, mas é sempre bom lembrar que é uma adaptação. E sou da opinião que o livro é melhor em 90% das vezes [único caso que achei melhor a adaptação foi Diários do Vampiro]. Jeremy também é bem próximo do personagem do livro, mas achei ele mais infantil no filme. Já no fim de A balconista, Steve Martin dá uma ideia de uma madurecimento bem maior em Jeremy, no filme ele só troca de roupa e penteia o cabelo. 

As cenas de drama foram bem intensas, mas preciso repetir que o livro é mais empolgante e mais engraçado. Confesso que vi o filme em duas partes. Pouco depois da metade me cansei. Assisti o resto só no dia seguinte. De qualquer maneira, a mensagem do livro, foi a mesma do filme. Mirabelle supera os problemas, com dificuldades, sim, mas achei uma bela lição de superação. 

ASSISTA AO TRAILER

Mais informações e sinopse no Adoro Cinema

Beijos!