Sussurro de Becca Fitzpatrick

5 de outubro de 2010






Sussurro
#1 Hush Hush
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Edição: 2010
Páginas: 264
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Os olhos de Patch eram como órbitas negras. Absorviam tudo e não devolviam nada. Não que eu quisesse saber mais sobre eles. Se não gostei do que vi por fora, duvidava de que fosse gostar do que espreitava lá no fundo. O único porém é que isso não era bem a verdade. Eu adorei o que vi. Músculos longos e esguios nos braços, ombros largos, mas relaxados, e um sorriso que era meio debochado, meio sedutor. Estava difícil convencer a mim mesma de que deveria ignorar algo que já começava a parecer irresistível.


[essa resenha pode conter spoiler pra quem não leu o livro]

Um dos melhores livros que li esse ano. Sem dúvida Sussurro já me conquistou logo pela capa. Quando comecei a ler então, não deu pra parar. Gostei da maneira como a autora Becca Fitzpatrick desenvolveu a história, com acontecimentos emocionantes na maioria dos capítulos.

Gostei muito da personagem principal Nora Grey. Uma adolescente de 16 anos que vive com a mãe em um casarão antigo, num local mais afastado da cidade. Depois do assassinato do pai, a mãe de Nora ficou responsável pela casa e pela filha. Trabalha para um leiloeiro e viaja constantemente. Nora fica boa parte do tempo sozinha, mas entende a necessidade da mãe em trabalhar longe, para poder manter o casarão que o pai tanto gostava e que guardar suas lembranças. Nora é uma adolescente típica. Pensa na faculdade, procura tirar boas notas e é estudiosa. Nora também é uma bela jovem, não como as descritas incansavelmente nas histórias de high school, mas de cabelos encaracolados e um estilo sutil e discreto. Chamar atenção definitivamente não é com ela.

Patch, o personagem galã da história é apaixonante. Primeiro porque é misterioso. Segundo porque chama atenção pela beleza e em terceiro, porque de certo modo, Patch provoca nas pessoas sentimentos que elas não conseguem definir nem entender. Uma mistura de medo e excitação. Curiosidade. E é no cenário da aula de biologia que Patch e Nora se encontram pela primeira vez. Não vou contar mais do que rola depois desse encontro porque estragaria a surpresa do livro, por isso vou seguir por outro ponto.

Gostei como a Becca conduziu os sentimentos dos personagens. Nora se sente atraída logo no inicio por Patch, mas ao mesmo tempo sente medo. Ao longo de todo o livro os pensamentos de Nora andam pela excitação de se encontrar com o garoto e o medo do mau que a cerca. Medo que está relacionado a Patch. Gostei como ela manteve a acidez e o sarcasmo na personalidade de Patch até o fim, e da mesma maneira que encanta os leitores, muitas vezes, gera também muita raiva. Afinal, quem ele pensa que é?

Pois é aí que entra a super indicação pra ler esse livro. É claro que o enredo é o amor entre Nora e Patch, a origem dos dois, o mau que os cerca e os obstáculos que vão enfrentar. Além disso, as escolhas são a grande chave desse livro. Só que outros personagens minam a história nos lembrando muito como a vida real é. Os amigos que nem sempre entendem nosso lado. Os pais que sempre ficam com o pé atrás graças a nossa postura adolescente [mesmo quando você não é mais]. A discriminação das pessoas que te acham diferente, enfim, tudo que cerca nossa vivência.

O grande mérito desse livro é história que se aproxima muito do que todos nos passamos na vida e o sobrenatural, que não entra na história como todo poderoso, mas que mostra que nós escolhemos nossos caminhos através das decisões.

Beijos!

*Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine