Bem mais perto de Susane Colasanti

17 de outubro de 2012






Bem mais perto 
Acordando para uma vida nova
Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Edição: 2012
Páginas: 236
Skoob | Goodreads
Compre no Submarino
Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.

Bem Mais Perto não foi uma decepção porque eu não tinha tantas expectativas em relação ao livro. Ao terminar, não sabia o que pensar sobre a leitura. Não teve nenhum ponto realmente importante e nada que fizesse o livro se destacar entre tantas outras publicações. 

Brooke é apaixonada por Scott. Ensaia o momento de se declarar para o garoto quando descobre que ele está prestes a se mudar de New Jersey para Nova York. Aproveitando a oportunidade para realizar o sonho de morar na grande cidade e reatar o relacionamento com o pai, Brooke não pensa duas vezes: arruma suas coisas, se despede das amigas e muda-se também. Mas é claro que as coisas não acontecem como a protagonista imagina... 

O que me incomodou em Bem Mais Perto, sem dúvida, foi a motivação da personagem em seguir Scott. Mas não pela paixão em si, sou dessas que defende lutar pelo amor, mas porque Brooke, na realidade, alimentou um sentimento platônico pelo garoto. Eles não são amigos, não conversam com frequência e não mantêm nenhum tipo de relacionamento além de estudar na mesma escola. Não entendi, em primeiro lugar, como a protagonista alimentava uma paixão tão forte. 

Os pensamentos de Brooke giram apenas em torno de Scott. É interessante observar que por vezes a personagem repreende-se, mas, em seguida, volta ao mesmo blablablá de sempre. A obsessão pelo garoto é irritante. O relacionamento com as amigas de New Jersey também perde o sentido e depois de uma ligação elas não aprecem mais na história. 

Brooke conhece pessoas novas em Nova York, mas pensar apenas em Scott faz do livro uma leitura maçante. A personagem tem pontos interessantes como o QI acima da média e o relacionamento conturbado com a mãe e distante com o pai, ainda assim, a autora explora apenas um aspecto da personalidade de Brooke. 

Fiquei impressionada com o fato de Brooke boicotar as próprias notas como forma de repreender o sistema escolar. No entanto, a única prejudicada é ela. Não fez muito sentido para mim. A narrativa da autora Susane Colasanti é boa mas o enredo é fraco, vazio. 

Os pontos positivos do livro ficam por conta dos dois amigos que Brooke faz em Nova York e salvam a narrativa após a mudança da personagem e as próprias descrições da cidade. Fica evidente que a autora é fã e apaixonada por Nova York. A edição da Novo Conceito está com uma capa ótima (uma cena que eu gostei muito do livro), boa revisão e diagramação. Gostei do final da história, apesar de tudo. 

Bem Mais Perto foi um livro que não funcionou pra mim. A história é voltada para um público mais jovem. Mesmo relembrando épocas do ensino médio, não me identifiquei com as atitudes de Brooke.

Beijos!
*Livro recebido da editora Novo Conceito
**Ajude o blog comprando pelo link indicado no post ou através do banner do Submarino
as compras pagas geram comissão ao Estante da Nine