Uma segunda lendo contos!

24 de junho de 2022

O projeto Leitura todo dia está de volta e o tema da semana é contos. Registrei a leitura de três deles na segunda-feira, 20 de junho, e hoje compartilho por aqui a experiência e o resultado do dia. Desde o final de abril tenho retomado as origens do projeto, com a leitura de contos e livros curtos para inserir novamente o hábito da leitura na minha rotina que desde 2019 está bem bagunçada. Aos poucos estou testando horários e tarefas e com a organização estarei mais presente no Estante da Nine (ainda bem). 

O fracasso de Hope e Wandel de Ambrose Bierce fala sobre a sociedade de dois homens e o investimento atrapalhado em um negócio de gelo. Escrito através de correspondências entre Hope e Wandel, a história tem desde o início um tom tragicômico, uma certa inocência e a total falta de experiência dos dois, o que leva a um resultado desastroso. Interessante para refletir sobre oportunidade e oportunismo.

3 filmes de drama para assistir de graça no Youtube

11 de junho de 2022

O ano começou no Estante da Nine com a dica de 3 filmes para assistir de graça (e legalmente) no Youtube, e não é surpresa que seis meses depois a coluna de recomendações continue, sempre com a proposta de oferecer dicas e ideias de filmes (e onde assistir) para quem passa por aqui. Na primeira versão escolhi filmes aleatórios que me surpreenderam de alguma maneira, desta vez o ponto em comum é que os três filmes têm o drama como elemento predominante do enredo. Lembrando sempre que são produção distribuídas legalmente e existem diversos canais de filmes dentro do Youtube, vale pesquisar.


Concluindo Anne with an E (e mais motivos para assistir)

5 de junho de 2022

Exatamente no último dia de maio, menos de uma semana atrás, completei minha jornada com as três temporadas de Anne with an E, produção da Netflix. Como já desconfiava desde que conheci a adaptação em 2018,  onde compartilhei 3 motivos para assistir série, a história entrou para minha lista de favoritos e por isso quero reforçar alguns motivos para conhecer esse enredo inspirador (e em breve espero começar minha jornada com os livros).

Relendo minha lista de recomendação da primeira temporada percebo que os motivos principais seguem os mesmos: o desafio de Anne em uma nova casa, Marilla e Matthew se adaptando a uma criança, a um novo membro da família, a comunidade que desaprova o comportamento sonhador e empolgado da protagonista e tudo que uma pessoa de fora tem de suportar para viver em um lugar.

A série, no decorrer das três temporadas, consegue manter os temas principais como pilares, sempre expandindo o debate e acompanhando o desenvolvimento de Anne, de criança para adolescente e depois uma jovem prestes a iniciar a vida adulta. A presença de negros e nativos levanta o debate sobre racismo, a chegada de uma viúva e professora sobre o real papel da mulher, descoberta sexual e o papel da família e o que (ou como) ela realmente é.