Um amor para recordar (A Walk to Remember) - dirigido por Adam Shankman

9 de setembro de 2011




Um amor para recordar
A Walk to Remember
Direção: Adam Shankman
Estúdio: Warner Bros
Ano: 2002
Duração: 101 minutos
Em plenos anos 90, Landon Carter (Shane West) é punido por ter feito uma brincadeira de mal gosto em sua escola. Como punição ele é encarregado de participar de uma peça teatral, que está sendo montada na escola. É quando ele conhece Jamie Sullivan (Mandy Moore), uma jovem estudante de uma escola pobre. Com o tempo Landon acaba se apaixonando por Jamie que, por razões pessoais, faz de tudo para escapar de seu assédio.

Saiu resenha sobre o livro, então hoje é dia de escrever sobre a versão para o cinema de Um amor para recordarEU GOSTEI MAIS DO FILME. Pronto, falei. Enquanto basicamente todo o planeta Terra já tinha assistido a versão cinematográfica do bestseller de Nicholas Sparks, eu cavoquei na mente, mas não encontrei indícios de ter assistido na época em que fez sucesso. Então, literalmente, depois de ler o livro, fui assistir o filme.

É raro eu gostar mais do filme do que do livro, mas confesso que neste caso, achei melhor a adaptação. A única coisa bem próxima entre livro e filme foi a característica dos personagens Landon e Jamie. A época em que se passa é outra e o enredo é totalmente diferente.

No livro, o foco é na religiosidade de Jamie e não apenas por motivos óbvios (o pai dela). Em alguns momentos, chega a ser surreal. O filme também retrata essa fé, mas de uma maneira delicada e compreensível. Jamie não é uma fanática, apenas uma garota que segue sua fé, ajuda o próximo e mantém os seus princípios. Enquanto Landon é o garoto popular e inconsequente, que passa a observar Jamie e passa a ter novas conclusões sobre sua própria vida. O amor entre eles não nasce fulminante e arrebatador.

O filme, na minha opinião, conseguiu retratar o tempo certo de tudo que acontece na vida do casal. Não apenas em relação aos dois, mas também, como Jamie é hostilizada na escola, como Landon, aos poucos, deixa seus amigos para trás e conquista a confiança do pai de Jamie. Como a amizade dos dois evoluí até chegar ao clímax da história.

É um filme que merece ser assistido, independente de se ler o livro antes ou não. E um conselho: fique com uma caixa de lenços por perto.

ASSISTA AO TRAILER

Mais informações em Adoro Cinema.

Beijos!