Sobre os erros

4 de novembro de 2009


Passamos anos na faculdade de jornalismo. Ouvindo a importância de se consultar as informações, fontes, dois ou mais lados da história, conferir tudo isso, depois reler mais umas cinco vezes. Aí sim, tá quase pronto.

Quase porque 100% um texto nunca vai estar. Sempre se escreve pra alguém(s), os outros "alguéns" podem não gostar. Aí teu texto não vai estar pronto. Nunca.

Com o Google é possível saber (ou ter noção) de quase tudo que já foi dito/ escrito/ gravado/ fotografado... Então, se você vai escrever sobre algo que não sabe, não gosta ou não faz diferença na tua vida, pense bem, porque pra alguém(s) isso é importante.

Não tem nada pior em saber a falta de vontade de alguns repórteres.